Entre pro time

Inter

Marinho revela o desrespeito que sofreu quando era jogador do Inter

Publicado

em


Aos 27 anos, Marinho não se arrepende de ter trocado o Brasil pela China. O começo foi difícil: o time dele perdeu os 5 primeiros jogos, ele foi pro banco, ficou 2 meses sem atuar. Mas depois trocou de lado, foi atuar pra ponta direita, e as coisas começaram a acontecer no Changchun Yatai. Só que o destaque por lá não faz o atacante esquecer os dias difíceis que passou em Porto Alegre.

Em entrevista ao Raphael Gomes, no programa Planeta Bola, da Rádio Gaúcha, o jogador lamentou que não teve sequer 20 minutos para atuar no time principal do Inter. Lembrou que foi com o time B pra um torneio na Itália, foi goleador e o melhor jogador, mas voltou e nada de oportunidade. Depois, mesmo sendo destacado por toda a imprensa como o melhor da pré-temporada em Bento Gonçalves, voltou a ser esquecido.

Marinho chegou a dizer textualmente:”Nunca tive valor no clube”.


A revelação mais bombástica foi quando ele estava escanteado em seu último ano do seu contrato, teve que ficar de maio a dezembro treinando separado em Alvorada, e os dirigentes da época pararam de pagar seus salários. Quantia que só recebeu na justiça.

Mas aí veio a volta por cima, embora garanta não ter mágoas, Marinho comemorou que marcou gol contra o Inter jogando pelo Vitória no ano passado e finalizou:

“A gente fez nossa parte e deu uma mãozinha pro Inter cair pra segunda divisão”.

Foto: Divulgação/Changchun Yatai

Facebook Comments

Fazer comentário

Comenta ai o que achou

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque