Entre pro time

Inter

Um bastidor de Felipão, Romildo, D’Alessandro e as goleadas no Gre-Nal

Publicado

em

Lucas Uebel/Grêmio

Gerou muita repercussão a matéria que eu fiz aqui no blog dizendo que ficou claro que D’Alessandro elogiava Renato porque ele mandou parar de fazer gols no Gre-Nal. Mais, eu tenho a convicção que ele fez esse pedido pra não humilhar mais o seu time.

E não foi a primeira vez que isso acontece. Quer ver?

Em uma entrevista recente do presidente Romildo pro Maurício Saraiva no site da GauchaZH, o presidente gremista contou a seguinte história:


“Tem uma história ótima com ele no 4 a 1 do Brasileirão na Arena. Vitória consolidada, ele vai para frente do Luiz Felipe, então técnico do Grêmio, e fica gesticulando e falando algo que eu não entendia lá de cima nas cadeiras. Depois, no vestiário, perguntei ao Felipão o que o D’Alessandro dizia. Olha só, o D’Alessandro dizia para o Felipão : “Você sabe o que é perder de goleada, sabe como é ruim, levou 7 a 1 da Alemanha! Já deu, já foi 4 a 1, agora chega!”. Perguntei ao Luiz Felipe o que ele disse em resposta, Felipão falou que só riu da cena, nada mais (risos).”

D’Alessandro já viveu o outro lado também. Em 2008, ele comandou o Inter no primeiro tempo que meteu 4 gols de cara no Beira-Rio. Na volta do intervalo, Fernando Carvalho passou pela imprensa e disse que não teria mais jogo. Ficaria assim o placar.

Em 2014, no Gre-Nal em Caxias, foi a mesma história, tenho a informação que D’Alessandro teve o procedimento de mandar acalmar pra respeitar os colegas do Grêmio.

Bastidores de Gre-Nal.

Facebook Comments

12 comentários

12 Comments

Comenta ai o que achou

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque