Entre pro time

Inter

Um fiasco sem tamanho protagonizado por grande parte da torcida do Inter

Publicado

em

Foto: Ricardo Duarte/Inter

A colega Júlia Goulart, repórter da Rádio Galera, saiu do estádio Heriberto Hülse, em Criciúma, sendo ofendida por uma grande parte dos torcedores colorados. Não foi um nem outro, foram dezenas. Imagine que a menina estava fazendo seu trabalho em pleno sábado à tarde e teve que suportar ouvir palavras de baixo calão por pessoas baixas, pobres e rasas espiritualmente. Pessoas frustradas em sua vida, que “desopilam” falando &¨%$# pros outros.

O pior é que isso não é exclusividade da Júlia, em quase todos os jogos, sempre tem alguém sendo ofendido. Eu, por exemplo, já fui mandado pra todos os lugares, ofenderam minha mãe, irmã e até a honra. No jogo passado no Beira-Rio, um cidadão dizia, em meio a ofensas, que eu não poderia estar ali porque, na visão dele, eu era gremista. Vê se pode!

Não é só em Porto Alegre. Em todo o Gauchão tem o “pau no cu da capital”. E isso é quase um elogio perto do que se ouve.


Só que essa é uma cultura que nós nos permitidos criar no futebol. Sim, infelizmente, mesmo que o futebol seja uma continuação da sociedade brasileira, criou-se por muito tempo uma cultura que o camarada ou a camarada tem o direito de ir lá, ofender a mãe do juiz, falar palavrão à vontade e tá tudo certo. “É a maneira de tirar o stress da semana”.

Na minha visão, embora as palavras dirigidas a ela sejam de cunho machista, não é questão de machismo, feminismo ou qualquer ismo. É educação mesmo. Não somos um povo decente. Estamos bem longe disso.

E o pior é que a gente evoluiu muito recentemente. Sim, até pouco tempo atrás, na primeira vez que fui num estádio com meu pai, os caras tocavam xixi em quem levantava e ficava na frente.

Olha, os macacos sentem vergonha ao observar nosso comportamento.

Em tempo: preciso pedir desculpa para os mais de 4 mil colorados que fizeram um espetáculo à parte em Criciúma, o chapéu não serve pra você que fez a festa e ajudou o Inter. Mas não podemos deixar de registrar os babacas de plantão.

Facebook Comments

Setorista da dupla Gre-Nal. Torcedor do Tottenham e do Real Madrid. Fã de futebol inglês.

Fazer comentário

Comenta ai o que achou

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque