Entre pro time

Inter

Empresário tenta aumento, R$ 1 milhão de redução, sem proposta do Shakhtar e Taison separado

Publicado

em

Ricardo Duarte/Inter

  • O empresário que tá representando o Shakhtar na tentativa de contratar o lateral Vinicius Tobias esteve no Beira-Rio. Só que esse não foi o assunto principal da sua visita. Isso porque ele é o mesmo agente do Yuri Alberto e a ida no Inter foi pra tentar negociar uma valorização salarial pro centroavante. Yuri ganha R$ 230 mil mensais e, com o destaque, surgiu o interesse de um aumento salarial. O grande problema é que a direção tá cortando os gatos na folha e não aumentando ela.
  • Aliás, os dirigentes tem uma grande chance de reduzir mais uma boa parte do gasto com a folha nos próximos meses. Isso porque, se somarmos o custo total do Rodinei com o Abel Hernández vamos chegar a quase R$ 1 milhão mensal de custo. O lateral ganha na casa dos R$ 250 mil e o Abel mais de R$ 700 mil entre o custo de salários e todas as outras bonificações que um jogador ganha.
  • No momento, o Shakhtar não entregou absolutamente nenhuma proposta para o Inter. Hoje, os ucranianos estão muito mais se organizando na chance de fazer uma tentativa do que qualquer outra coisa. Isso porque a proposta deles começaria em 5,5 milhões de euros e mais cláusulas de bonificações futuras conforme metas alcançadas pelo jogador. Já o Inter começa a conversa em 10 milhões de euros.
  • Tanto, que a direção do Inter garante que tá tratando a vinda do Taison separadamente. É claro que uma venda do Vinicius ajudaria muito na relação, só que o Inter não tem a proposta e, então, tenta um acordo com o Shakhtar pelo Taison antecipadamente. Recentemente, estavam otimistas e dizendo que, de 0 a 10, a chance do Taison vir nos próximos dias é de 7.
Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque