Entre pro time

Grêmio

Renato não poupou a Conmebol na sua coletiva

Publicado

em

Lucas Uebel/Grêmio

Renato Portaluppi não se escondeu e deu sua opinião sobre o julgamento do técnico Marcelo Gallardo na Conmebol.


Segundo ele, se tiver credibilidade e for feita a justiça, o Grêmio vai estar na final da Libertadores.

Renato afirmou que a Conmebol irá perder credibilidade com todo mundo se não excluir o River.

Lembrou que o presidente tinha dito para os clubes que as coisas iam mudar, iriam ser “as claras”. Então, se for um julgamento justo, técnico e não político, o Grêmio vai estar na final da Libertadores contra o Boca.

Palavras do Renato:

“Credibilidade a gente não compra, demonstra.”

“O regulamento é claro.”

“O regulamento é claro. Se não for um julgamento político, o Grêmio estará na final da Libertadores. Estou esperançoso com isso”.


Leia também:  Informações de Inter

Setorista da dupla Gre-Nal. Torcedor do Tottenham e do Real Madrid. Fã de futebol inglês.

14 comentários

14 Comments

  1. Anônimo

    3 de novembro de 2018 at 22:14

    Ué, achei q o bom cabrito não berrava?chorem gazelas, perderam no campo aceitem isso, não foi o Gallardo q fez o Bressan botar a mão na bola, e no primeiro gol deles q foi de mão, nenhum jogador do grebbio foi reclamar, choraram depois.E sem contar q ninguém fala do gol feito q o Cebolinha perdeu na cara do gol q mataria o jogo,parem cm o mimimi!!!!!

  2. Mauro

    3 de novembro de 2018 at 20:45

    Ué, mas quem é renato pra falar isso? E a pouca vergonha do drone, um caso de espionagem que feriu a moralidade do clube. Agora quer moralidade, time sem escrupulos, só ganhou de times de segunda divisão da liberta no ano passado e ainda jogando sujo espionando, agora perdeu no campo. Ta sendo pago com a mesma moeda. Aqui se faz aqui se paga. Toma kkkkkk

  3. Maior do Sul

    3 de novembro de 2018 at 20:45

    Final é Grêmio X Boca

    • Fernando Colorado

      5 de novembro de 2018 at 08:44

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  4. ricartdo

    3 de novembro de 2018 at 20:26

    Quando o Inter recorreu no caso Vitor Ramos, ouvi muitos gremistas dizerem que futebol se resolve no campo. Mudaram de opinião agora?

    • Maior do Sul

      3 de novembro de 2018 at 20:43

      Chupa segundino. Aqui é Grêmio!

  5. CABOCLO AZUL

    3 de novembro de 2018 at 20:01

    Chega de podridao!!! Bolsonaro tá aí…Sérgio Moro na justiça…Argentina além de ser Argentina tem tendência socialista…o país tá um CAOS…o resultado disso taí…O BENEFICIO AO RIVER É O APADRINHAMENTO DO SOCIALISMO!!! ISSO VAI MUDAF…

    • Genghis Khan

      3 de novembro de 2018 at 21:10

      CABOCLO ROSA TU ÉS SEM DÚVIDA UM RETARDADO!!!!!!
      KKKKKKKKKKKKKK

  6. João Feijó

    3 de novembro de 2018 at 20:01

    senao exala-se arrogançia fosse um treinador de verdade escalasse os jogadores certos nao seus preferidos teriamos feito historia ,estariamos na liderança do brasileirao ,tinhamos ganho a copa do brasil e estariamos decidindo a libertadores com certeza

    • Bruce Logan

      3 de novembro de 2018 at 20:08

      Calma lá, colega. Concordo com a Libertadores. Bressan foi um erro gravíssimo. Mas o Romildo tá nesse barco junto. Copa do Brasil todo mundo queria o Cortez de volta. Ele botou e foi exatamente o Cortez que enregou o jogo no Rio. E Brasileirão não tem o que fazer. É impossível competir contra os milionários clubes paulistas. Palmeiras tá sobrando, não ía ter jeito de qualquer forma.

  7. Anônimo

    3 de novembro de 2018 at 19:42

    Renato poderia ter evitado nossa eliminação se não tivesse colocado o Bressan, ele é um dos culpados por isso, desgraçado, pq colocou aquele ruim!

    • Eurico Miranda

      3 de novembro de 2018 at 20:12

      o mundo é dos espertos…

    • Anônimo

      3 de novembro de 2018 at 20:34

      E coloca quem daí?

      • Vinícius

        3 de novembro de 2018 at 23:37

        Alguém que já deveria ter sido contratado a muito tempo! Assim como o tal de Jael…Ô centroavante ruim!

Comenta ai o que achou

Publicidade
Publicidade
Publicidade