Entre pro time

Grêmio

Felipão volta a falar em treinar o Inter

Publicado

em


Felipão deu uma entrevista exclusiva para o pessoal da Rádio Grenal, direto da concentração do Palmeiras.

Entre tantos assuntos, ele foi questionado sobre trabalhar no Inter. E a resposta é positiva. Vejam:

“Eu fico agradecido e tenho uma grande amizade e um grande respeito pelo Internacional, porque, mesmo trabalhando no Grêmio e como torcedor do Grêmio, recebi duas propostas do Inter. Sempre tive muito respeito pelo Inter. Tu és de uma equipe, não precisa desrespeitar outra equipe para te tornares ídolo daquela outra equipe, que tu trabalhas ou torces. Se um dia tivesse que trabalhar no Internacional, trabalharia com grande dedicação.”


Mesmo gremista, há quem diga que Felipão gostaria de trabalhar no Inter por conta da sua esposa, a dona Olga, que é sabidamente colorada.

Aqui neste link dá pra ver mais alguma coisa da entrevista pra Grenal.

Reprodução Twitter

Mas essa não é a primeira vez que Felipão fala isso. Em 2001, ele deu uma declaração neste sentindo. Tanto que, em 2015, ainda no meu blog no Final Sports, eu fiz essa matéria aqui:

Em uma entrevista concedida em 2001, quando ainda era o técnico da Seleção Brasileira, o técnico Luiz Felipe Scolari revelou para a jornalista Ivette Brandalise, em uma entrevista para a rádio FM Cultura, que tinha como objetivo trabalhar no Estádio Beira-Rio.

“Não é que eu invejo o Parreira por treinar o Colorado. Invejo pelo caráter, personalidade, pessoa. Por tudo que é, pelos seus conhecimentos. Claro que ele está no Colorado, um time fantástico, que um dia eu vou ter a oportunidade de trabalhar no Colorado”, afirmou Felipão.

Ao ser questionado pela apresentadora se poderia um gremista declarado trabalhar no Inter, o multicampeão pelo tricolor respondeu:

“Quantos já trabalharam? E quantos colorados já trabalharam no Grêmio? Não tem nada disso, profissional. E aí, a gente tem que fazer mais ainda”, finalizou.

No entanto, o comandante deixou claro que sempre foi gremista quando era pequeno.

“Eu sempre fui gremista, desde pequeno. É o que te falei, a gente escolhe um time quando pequeno. Eu escolhi o Grêmio.”

 

Facebook Comments

15 comentários

15 Comments

  1. Guilherme Pereira

    18 de julho de 2019 at 09:30

    O Luiz Felipe sabe como é o mundo do futebol, a mídia precisa de notícia e o noticiado precisa de notoriedade ele só falou para gerar polemica e haver discussão pondo o nome dele em evidencia (eu chamo isso de pavonisse, pois ele não precisa mais disso) e como diz o Hiltor Mombach até os quero-queros do beira rio sabem que ele jamais vai treinar o colorado, ele não é bobo de colocar a idolatria que tem na história do Grêmio no ralo e além do mais ele é gremista ehehehe.

  2. Oscar

    17 de julho de 2019 at 19:14

    Sempre que tem jogo difícil pro Inter a imprensa sempre vem com a história que o treinador adversário “sonha” em dirigir o colordo….ah senhores vamos ser mais criativos, mudem um pouquinho.

  3. SaciExu

    17 de julho de 2019 at 18:43

    Hoje ele tá sabendo que o Beira Rio tá quase um lar de idosos. Mas qual colorado que não seja insano quer Felipão treinando o vermelho, só consegue treinar o Palmeiras porque gastam 100 vezes mais que os outros times, fora que só resultados apertados, golzinho chorado e nada mais para um clube que gasta milhões.
    Hoje a barca dele afunda, se nem dentro do moderno mumu Allianz parque conseguiram fazer bonito, não vai ser aqui .
    Hoje vão levar um sacode, só Guerrero vai guardar 3 e Palmeiras afunda, Inter é gigante.

  4. Exilado

    17 de julho de 2019 at 17:48

    Felipão, como bom bolsonario que é, diz, desdiz, faz de conta que não disse e torna não faze-lo, entre uma retranca e outra e um centro-avante alto e bom de cabeceio.

  5. FIFA World Champion

    17 de julho de 2019 at 17:45

    o cara sabe o que é treinar um autêntico campeao mundial.

  6. 5 X 0

    17 de julho de 2019 at 17:33

    Nunca serão.. . Kkkk

  7. TRAKS

    17 de julho de 2019 at 17:32

    Procuram se idolos na beira do rio

  8. ANDRE pai do gengis "merendinha " khan

    17 de julho de 2019 at 17:28

    Tá aí porque salvou a pele do timeco em 99, por causa da mulher kkkk

  9. Alex

    17 de julho de 2019 at 17:24

    grande bosta

  10. Eder

    17 de julho de 2019 at 17:22

    Quer tanto treinar o Inter que já recusou duas propostas deles.

  11. Em 92 subi em nono

    17 de julho de 2019 at 17:15

    Deus-me-livre do “Doutor 7×1″…

  12. Guilherme Lagemann

    17 de julho de 2019 at 17:05

    E? Pq isso tá na parte do Grêmio? Não quero saber disso.

  13. adriano blumenau

    17 de julho de 2019 at 16:57

    Nossa que matéria bombastica! Ocupou quase 4 telas do meu celular!!!! Vai te catar JB! sonho meu! Sonho meu!!

  14. Trago Verdades

    17 de julho de 2019 at 16:34

    “através de sua assessoria de imprensa”, ou seja NÃO foi ELE que disse

    de qualquer forma, é um bom treinador, pragmático e nada mais

  15. jj

    17 de julho de 2019 at 16:28

    Não foi o que disse pro Mombach em 2012. E olha que tava desempregado.

    https://blogs.correiodopovo.com.br/blogs/hiltormombach/2012/09/19343/felipao-e-o-inter-2/,

    O nome de Felipão está vinculado ao Grêmio.
    Mas ele já esteve nos planos do Inter.
    Em 2010, o Inter demitiu Fossati após uma derrota para o Vasco pelo Brasileiro.
    Demitiu o treinador que colocou o time na semifinal da Libertadores.
    O Inter tentou Felipão.
    Que através de sua assessoria de imprensa divulgou nota oficial.
    “Quanto aos insistentes noticiários sobre o interesse do SC Internacional, Luiz Felipe Scolari reafirma o que disse em entrevista. E lembra de sua forte relação com o Grêmio, portanto não há hipótese de realizar nenhum trabalho na equipe rival.”
    Diria ainda na África do Sul: “Não valia a pena pra mim nem para o Inter correr esse risco”.
    Felipão está desempregado.
    Foi demitido do Palmeiras.
    Sai deixando o Palmeiras em penúltimo lugar no Brasileiro.
    Com apenas 20 pontos.
    Sete atrás do primeiro time fora da zona de rebaixamento, o Flamengo.
    Palmeiras que tem o maior número de derrotas no Brasileiro, 14 em 24 partidas.
    Perdeu mais que o lanterna Atlético-Goianiense.
    Mas com Felipão o time ganhou a Copa do Brasil.
    Pode ser rebaixado e disputar a Libertadores de 2013.

Comenta ai o que achou

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque