Entre pro time

Grêmio

Pontos positivos e negativos da classificação do Grêmio contra o Bahia

Publicado

em

Lucas Uebel/Grêmio

Pontos positivos

  • Alisson foi, sem dúvida, o cara do jogo. Pelo gol que marcou, entrando a dribles na grande área, limpando todo mundo e finalizando com perfeição no cantinho. E também pela expulsão que conseguiu forçar. Ele estava há um tempo sem marcar, verdade, mas esse cara é a melhor contratação não badalada do Grêmio. Pena que se lesiona demais na carreira, mas é o discreto muito eficiente.
  • O passe do gol do Matheus Henrique. Passe em diagonal, cortando caminho, sem ficar só na burocracia de passes pro lado. Jogou muito. Sabe o que fazer com a bola. Sabe fazer o que Arthur fazia. Desculpem a comparação é inevitável.
  • A zaga gremista fica gigante quando é preciso. Geromel e Kannemann dá a confiança mesmo quando o Bahia tem dois centroavantes, aposta no chutão. Os caras são monstros. Claro que alguma bola passa a entrar, mas não teve uma chance de gol.
  • Jean Pyerre foi o de sempre, muita qualidade com a bola nos pés, tá marcando presença na grande área, orquestrando o time. Ainda falta aquela intensidade de jogar o tempo todo. Vai chegar lá. Aposto.
  • Gostei do Pepê de novo. Entrou bem.
  • A classificação para a semifinal tem tudo pra ser um marco na temporada. Não tem como achar que o time tá jogando o mesmo futebol de antes, mas chegou. E chegar dá moral.

Lucas Uebel/Grêmio

Negativos


  • Jean Pyerre saiu lesionado com dores na perna. Baita problema. Fora que já estava com dores no ombro durante a partida.
  • Everton jogou bem menos do que se esperava dele. Pra quem pode ter feito sua despedida, uma pena. Partida bem normal, sem nenhuma jogada diferenciada. E isso não tem nada a ver com a possível negociação. Que fique claro. Foi só uma partida não brilhante.
  • Maicon saiu mais cedo. Capitão tá cansando bastante, mesmo quando é preservado. A proximidade dos seus 34 anos estão pesando pra ele.
  • Os laterais do Grêmio são apenas ok. Nada demais.
  • André também foi protocolar. Deu um chute bacana. Nada demais. Tentou ajudar, não faltou vontade.
  • Entendo o Renato, óbvio, mas queria ter visto o Tardelli em campo no segundo tempo. Por tudo que aconteceu, tava na expectativa pra ver se faria a diferença. Enfim, mais uma decepção minha do que qualquer outra coisa.

Facebook Comments

11 comentários

11 Comments

Comenta ai o que achou

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque