Entre pro time

Grêmio

Esse é o valor que o Grêmio terá que pagar para comprar Borja do Palmeiras

Publicado

em

Lucas Uebel/Grêmio

A direção do Grêmio já pensa em comprar o centroavante Borja. Sem pressa, sem desespero, mas isso começa a ser cogitado no clube.

Não é preciso ter pressa porque praticamente todos os mercados estão fechados e só em janeiro é que as coisas irão voltar a aquecer.

Mais, o contrato é bem claro e dá segurança pra direção gremista. Qualquer clube que quiser comprar o Borja tem que pagar 3,75 milhões de dólares (R$ 19,8 milhões) pro Palmeiras. Esse é o valor previsto em uma cláusula de saída.


Direção já pensa em comprar o Borja do Palmeiras – Lucas Uebel/Grêmio

E ai vem o detalhe. Caso algum clube faça uma proposta, o Palmeiras é obrigado a dar prioridade pro Grêmio. Eles precisam consultar o Tricolor e perguntar se quer ficar com ele.

Se quiser, o Grêmio só precisa depositar 2,75 milhões de dólares (R$ 14,5 milhões) na conta do Palmeiras e fica em definitivo, com o Borja.

E, sim, o valor é menor para o Tricolor. Por que? Porque 1 milhão de dólares já foi pago no empréstimo. E isso será abatido na compra.

Como tem 28 anos, é muito improvável que vá para a Europa. Hoje, os mercados concorrentes são EUA, México e Mundo Árabe.

Mas a informação que recebi de um dirigente foi: “Do jeito que a carruagem vai, com as partes gostando tanto uma das outras, tem muita chance dele ficar”.

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque