Entre pro time

Inter

Scocco deu prejuízo de R$ 10 milhões no ano passado para o Inter

Publicado

em


Scocco foi comprado pelo Inter na metade de 2013 por 6,5 milhões de dólares. A negociação foi mega complexa, o Newell’s teve que comprá-lo do Al-Ain, dos Emirados Árabes, e revender pro Internacional. Na época, o valor em dólar representou um total de R$ 14,3 milhões.

Só que todo mundo sabe que no começo de 2014 o cara disse que tava sem adrenalina pra jogar aqui e foi vendido pro Sunderland, da Inglaterra. E essa negociação até não foi ruim, o presidente Luigi conseguiu fazer a venda pros ingleses por um total de R$ 13,2 milhões. Tirando R$ 1 milhão de comissões pra empresários, ainda sobrou R$ 12 milhões nos cofres do Beira-Rio.

Vendo assim até que a coisa não foi tão ruim. Afinal, o prejuízo seria de apenas R$ 2 milhões por um jogador que fez só quatro gols em um semestre jogado.


Aqui o balanço do Inter onde mostra que o clube recebeu R$ 13 milhões na venda do Scocco – Reprodução

O problema veio depois. Scocco entrou na justiça do trabalho cobrando coisas que o Inter não pagou na rescisão e ganhou uma ação de R$ 10 milhões do Internacional.

Mesmo que tenha saído daqui em janeiro de 2014, o acordo com o Inter aconteceu apenas no ano passado. Desde então, o clube tá pagando estes R$ 10 milhões em parcelas que irão terminar apenas em dezembro de 2022.

As parcelas são relativamente baixas até agora na metade de 2020, mas aumenta significativamente depois disso. Confesso que não tenho os valores fechados, mas é coisa de R$ 350 mil por mês. Repito, não tenho o valor correto da parcela, mas é perto disso, até porque são R$ 10 milhões ao todo.

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque