Entre pro time

Inter

Saiba quantos milhões o Inter investiu em reforços na temporada 2020

Publicado

em

Ricardo Duarte/Inter

  • Rodinei – Veio por empréstimo com salário na casa dos R$ 250 mil
  • Musto – Empréstimo, mas custando um valor aproximado de 100 mil euros, para conseguir a liberação. A direção não confirma valores oficiais, mas o custo dele ficou na casa de meio milhão de reais.
  • Galhardo – Conseguiu liberação no Ceará. Abriu mão de valores a receber (décimo terceiro, férias e da premiação por permanecer na primeira divisão). Ganhava R$ 200 mil lá. Seguramente veio por um salário maior aqui.
  • Marcos Guilherme -1,2 milhão de euros (R$ 5,7 milhões) para compra de 80% dos direitos dele. Valor parcelado em quatro vezes.

Marcos Guilherme foi o segundo maior investimento da diretoria neste ano – Ricardo Duarte/Inter

  • Boschilia – 1,5 milhão de euros (R$ 7 milhões) para compra de 20% agora e mais 10% na metade do ano. Valor parcelado por três anos. O meia de 23 anos foi a maior contratação do clube. O Inter ainda tem opção de comprar mais 40% dele se quiser.
  • Moisés – R$ 2 milhões e 250 mil pelo empréstimo de duas temporadas, até o final de 2021, com 15% dos direitos econômicos adquiridos.
  • Gustagol – R$ 1,5 milhão pelo empréstimo até o final desta temporada, com 15% dos direitos econômicos comprados. Há valor fixado para compra em definitivo, mas ainda não vazou.

Ao todo, se somarmos os valores de todos os sete reforços do Inter, chegaremos a quantia de R$ 17 milhões investidos nos reforços apenas nos nomes desta temporada.


Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque