Entre pro time

Inter

O comportamento de Roger é totalmente diferente de todos os outros boleiros

Publicado

em

Ricardo Duarte/Inter

A entrevista do centroavante Roger nesta manhã foi bem diferente de todas as outras que já acompanhei no Inter.

O cara não estava feliz por marcar um gol ou por ter ido bem. Ele estava era feliz porque tá vivo, porque jogou bola novamente.

Roger lembrou que, em uma das consultas, chegou-se a dizer que ele não jogaria mais após descobrir o tumor no rim direito. Quatro meses depois, conseguiu estar em campo novamente.


Justamente por isso, falou várias vezes em aproveitar o momento, curtir a carreira, ser feliz aqui no Beira-Rio. Nada de colocar pressão sobre quando irá, finalmente, marcar gol ou coisa do tipo. Nada disso.

O cara está muito feliz simplesmente por estar aqui. Aos 33 anos, parece feliz por chegar onde chegou. Sem mais cobranças, sem maior pressão.

Aqui algumas declarações do Roger:

“Eu sou um cara que me cobro demais, fico noites em claro aí. E não vai ser isso que vou fazer aqui no Inter. Vou desfrutar um pouco mais da minha carreira. Vou jogar futebol, aproveitar cada momento, cada tempo no campo. Claro, a gente quer fazer os gols, não só eu, todo mundo quer fazer gol, comemorar, mas não vou deixar isso passar a frente do grupo, dos objetivos do Inter.”

“Não é comum o problema médico que ocorreu comigo. Eu tive que ficar 40 dias parado, sem fazer esforço. Isso me levou quase 10 kg de massa muscular. É difícil adquirir isso em 13, 14 dias treinando.”

“Nos últimos 4 ou 5 anos, iniciei sempre a temporada como titular, você acaba tendo um pouco de peso, responsabilidade. Tem que fazer os gols logo. Quando começa de fora tem um pouco mais de tranquilidade, de tempo. Respeitando meu corpo, meus limites, né?”

“O jogo de ontem não dá nem pra tirar muita base, o campo muito pesado. Vocês que acompanharam o nosso dia a dia, não foi nem de perto os nossos treinamentos. Não dá pra tirar base pelo jogo de ontem, mas vai dar no jogo de sábado, num campo como o Beira-Rio, diante da nossa torcida.”

Facebook Comments

Setorista da dupla Gre-Nal. Torcedor do Tottenham e do Real Madrid. Fã de futebol inglês.

1 comentário

1 Comment

Comenta ai o que achou

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque