Entre pro time

Inter

Respeito por Paixão, elenco curto sendo debatido e um dos motivos da queda de rendimento

Publicado

em

Reprodução

Resumo da coletiva do Aguirre após a derrota pro Fluminense:

  • Justificou a escalação diferente do Saravia porque ele já tinha jogado como ponta na Argentina. Contou que conversou com ele antes de colocá-lo. E, na sua avaliação, o Saravia jogou bem.
  • Garantiu que o áudio vazado do Paixão não influenciou em nada na partida e não quis falar muito do áudio porque respeita o Paulo Paixão.
  • Confirmou que conversou com os jogadores de maneira coletiva e individualmente. Depois, explicou que foi uma opinião pessoal, do Paixão, mas elogiou os jogadores citados, que são bons e o ajudam muito.
  • Sobre o “elenco curto”, que sempre se fala, disse que isso são coisas internas. Limitou-se a dar uma pista, que estão trabalhando no planejamento do próximo ano.
  • Cadorini tá ganhando chances, jogou 40 minutos, mas tem que ir jogando aos poucos. Não dá pra colocar toda a responsabilidade nas costas do menino. Pensa que não perdeu porque começou com Cadorini ou Saravia. Não foi isso.
  • Aceita que aconteceu uma baixa de rendimento no time. Pensa que a saída do Yuri foi uma coisa importante por perder o melhor jogador do ataque. Chegou a dizer que o time sente saudade dele, pela sua qualidade.
Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque