Entre pro time

Inter

Inter fez novo acordo com Independiente

Publicado

em

Ricardo Duarte/Inter

A direção do Inter confirma que o Independiente estava cobrando uma dívida de 1,3 milhões de dólares (R$ 5,7 milhões) que é um valor que ainda resta a pagar pela compra do Victor Cuesta.

Mas a boa notícia para a torcida colorada é que isso não está mais sendo debatido na FIFA. A diretoria colorada já chegou a um novo acordo com os argentinos e está pagando esses valores parceladamente.

Cuesta foi comprado por um total de 4 milhões de dólares. As últimas duas parcelas, de 666 mil dólares cada uma, não foram cumpridas. Diante disso, o Independiente foi na FIFA. Pra resolver o problema, a diretoria fez uma nova negociação e prometeu cumprir pra não sofrer punições da entidade que comanda o futebol.


Fato semelhante aconteceu com a Udinense. O Inter devia grana pelas compras de Nico López e Edenilson. Os italianos cobraram essa conta e o clube teve que renegociar tudo. Estão pagando prestações que vão até 2021.

Até por isso que os dirigentes liberaram 24 jogadores nesta virada do ano. Cerca de R$ 5 milhões foram aliviados da folha. Outros foram contratados, é verdade, mas ainda sobra uma grana mensal que é para poder compensar estes gastos por fora ai.

Cuesta tem 31 anos, contrato até a metade de 2022, e é um dos poucos jogadores que o Inter detém 100% dos direitos econômicos.

 

Facebook Comments

Setorista da dupla Gre-Nal. Torcedor do Tottenham e do Real Madrid. Fã de futebol inglês.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque