Entre pro time

Inter

Inter faz contratação espetacular, Cuesta não negocia, Edenilson na bronca e STJD faz o óbvio

Publicado

em

Divulgação

  • A direção conseguiu uma contratação sensacional fora dos gramados. O clube simplesmente foi na Argentina e fechou com o Gustavo Grossi, diretor esportivo que transformou o River Plate junto com o Gallardo. Grossi já pediu demissão do River e será anunciado a qualquer momento como dirigente colorado. Tudo indica que ele fará o comando geral da base, mas também vai trabalhar no profissional. Esse cara é tratado como um fenômeno porque pegou um time na segunda divisão, investiu pesado na base e montou um super elenco. Não à toa tem duas Libertadores de 2015 pra cá. Vai ser o coordenador que a direção tanto queria e chegou-se a falar em Tinga, Pedrinho ou outros nomes. Tem só 41 anos.
  • O zagueiro Victor Cuesta foi ligado ao Palmeiras por um repórter do site UOL. Eu consegui contato com pessoas do Palmeiras e recebi que zagueiro não é a prioridade deles e nenhum defensor está em negociação no momento. Um colega repórter me passou que o Cuesta é bastante elogiado por lá, mas que não passa disso.
  • Enquanto isso, Edenilson ficou incomodado com o vazamento do seu contrato na imprensa e acabou criticando os jornalistas identificados. Chegou a discutir, no privado, com um deles. Após, acabou apagando as postagens. Pelo que eu fiquei sabendo, existe um incomodo muito grande por parte do seu contrato ter sido vazado nas redes sociais.

Edenilson postou essa mensagem no seu Instagram – Reprodução

  • Por fim, como era previsível, o STJD negou o pedido do Vasco para anular a partida contra o Inter. O regulamento do Brasileirão é claro que, quando o VAR tem alguma falha, vale a decisão do campo.

Presidente do STJD negou pedido do Vasco – Reprodução

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque