Entre pro time

Inter

Inter conseguiu tacada para “tirar” Sonda do negócio e ficou com Yuri Alberto para si

Publicado

em

Ricardo Duarte/Inter

A vinda do centroavante Yuri Alberto acabou sendo modificada na última hora e Delcir Sonda não está mais no negócio.

Isso porque o investidor colorado iria mesmo bancar os R$ 10 milhões acertados de luvas ao jogador, que ia ficar livre no mercado. Porém, depois que o Santos desistiu de cobrir a proposta e saiu da concorrência, não foi mais necessário colocar R$ 10 milhões no ato da assinatura.

Diante da desistência, a direção colorada foi lá e fez uma nova negociação com o Yuri e seu empresário. Eles acertaram que o próprio Inter iria bancar os R$ 10 milhões, mas pediram um parcelamento para isso. A proposta foi aceita e o Inter começará, somente em agosto de 2021, a pagar parcelas.


Yuri tem só 19 anos, fará 20 agora no mês de março. Ele já tem 10 gols no Brasileirão – Ricardo Duarte/Inter

Só que o detalhe disso tudo é que estes R$ 10 milhões foram divididos em três anos, ou seja, até metade de 2024.

E, mesmo que a direção tente, vai ser quase impossível segurar o Yuri aqui por tanto tempo assim. Se jogar o que tá jogando, é certo que vai ser vendido pra Europa bem antes de 2024.

O Inter vai lucrar bem mais do que vai pagar pro Yuri neste período.

Em caso de venda, o Inter tem direito a 70%, o jogador e seu empresário dividem 20% e o Santos ficou com 10%. Foi por conta desse percentual que o time paulista não complicou o negócio.

  • Lembrando que essa negociação foi feita ainda pela antiga direção. Medeiros como presidente, Rodrigo Caetano como diretor-executivo e Alessandro Barcellos vice de futebol.
Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque