Entre pro time

Inter

Abel consegue levar o Inter para a quarta vitória consecutiva e pra 2ª colocação do Brasileirão

Publicado

em

Ricardo Duarte/Inter

  • O Inter fez um primeiro tempo bem ruim. Só não tomou gol porque o Ceará é uma equipe mediana porque a atuação foi de time pequeno na primeira etapa. O próprio Edenilson saiu dizendo que a marcação tava muito lá atrás e tinha que ir pra frente.
  • O segundo tempo começa com um Inter jogando um pouco mais, ficando mais tempo com a bola no campo de ataque. Nada absurdo, mas suficiente para pelo menos ter suas chances.
  • A recompensa veio com Edenilson puxando um contra-ataque e pifando o Caio Vidal. Um gol todo esquisito porque o Caio chutou torto e a bola só entra porque bate no zagueiro. Não importa muito porque foi pra rede e, em jogos onde não se joga bem, isso que importa.
  • Depois disso, ficou uma partida normal. O Ceará tentava jogar e não conseguia porque é limitado e o Inter administrava pra passar o tempo.
  • A vitória foi confirmada em uma jogada com mérito do Abelão. Motivo: ele coloca o Abel como pivô e puxa o Yuri Alberto na ponta direita e aposta na velocidade do Yuri. Foi isso que aconteceu, Abel deu a casquinha de cabeça e o Yuri consegue encobrir o goleiro, de canhota. O guri é muito bom finalizador.

Yuri Alberto vive fase bem melhor que a do Galhardo – Ricardo Duarte/Inter

  • Abel engatou sua quarta vitória consecutiva no Brasileirão. Hoje, o Inter é o segundo colocado, com seis pontos atrás do líder São Paulo. A distância ainda é grande, mas Abel mostrou que seu trabalho é consistente. O seu 4-1-4-1, embora meio defensivo por vezes tá dando resultado.
  • Caio Vidal marcou seu primeiro gol e deu show de personalidade. Eu ainda espero bem mais dele, mas sua personalidade e evolução a cada jogo é notória. Tá na cara que virou titular e não vai mais sair. Só precisa ter uma taxa de acerto maior nas jogadas. Isso vem com a confiança.
  • Uma pena que o Praxedes tá passando trabalho neste esquema com uma linha de quatro no meio. Penso que ele joga melhor como meia organizador mesmo, quando o time tá propondo o jogo.

Praxedes, de novo, não foi bem – Ricardo Duarte/Inter

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque