Entre pro time

Inter

Caio Vidal conta história da sua vida e como o chamaram pro profissional do Inter

Publicado

em

Reprodução

Resumo da coletiva do Caio Vidal:

  • Em sua primeira reposta, mandou um recado pra sua mãe, dizendo que hoje em dia o filho dela tá conseguindo vencer, que vai conseguir tirar ela de um lugar que não é adequado onde ela mora. Um bairro perigoso onde ele se criou, onde o pessoal lhe respeita, mas que agora eles irão vencer juntos.
  • O foco do vestiário é ser campeão. Seis pontos é estar logo ali. Acha que dá pra brigar com o São Paulo.
  • Abel fala olho no olho, chama e conversa dando o recado direito. Como no vestiário do Castelão, ele o chamou e pediu pra ir mais por dentro que faria o gol e o gol aconteceu exatamente assim.
  • A promoção dele para o profissional aconteceu sem esperar. Estava pronto para fazer um treino de fortalecimento muscular do abdômen, quando o preparador de goleiros da base o chamou porque o profissional estava pedindo ele na atividade. Ele prontamente entrou na van no CT de Alvorada e, ao chegar no Parque Gigante, treinou e Abel foi logo dizendo que queria ele indo pra cima, cavando faltas, segurando a bola no ataque. Deu toda confiança pra isso.
  • Na Copa São Paulo, o técnico o utilizou como camisa 9 pela velocidade ser um diferencial, mas sempre jogou como ponta na base.
  • Se sente mais feliz jogando na ponta-direita. É onde gosta de jogar.
  • Ele realizou o sonho da sua mãe de fazer um gol no Castelão. Há três anos, estava neste estádio assistindo Ceará x Fortaleza com seu pai, que era Fortaleza doente, mas hoje tá no céu torcendo por ele.
Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque