Entre pro time

Grêmio

Vizeu quer falar com a Udinese para ajudar o Grêmio

Publicado

em

Reprodução

Vizeu esteve na coletiva desta terça confirmando que seus empresários já começaram as conversas com a Udinese para que ele permaneça mais um ano aqui emprestado ao Grêmio.

Contou que a sua vontade é de ficar porque veio pra cá justamente para jogar, ter sequência, e isso acabou não acontecendo muito em função da lesão grave que teve. É por isso que ele acha que é justo jogar aqui em 2020.

E o cara tá com tanta vontade de ficar que pretende, inclusive, ligar para os dirigentes da Udinese para convencê-los a ficar aqui mais tempo. Chegou a meter um “se Deus quiser” vai permanecer aqui.


Vizeu voltou a jogar contra o Flamengo

Um bastidor contado por ele foi que, em dezembro do ano passado, veio para o Brasil apenas para passar cinco dias no réveillon, no Rio, e seu plano seria voltar pra Itália.

Só que, ao saber da proposta do Grêmio, ligou para os dirigentes da Udinese pedindo para jogar este ano aqui na Arena e foi atendido.

Fez isso naquele momento porque sua esposa estava grávida. Agora, quer a sensibilidade deles para poder jogar. O que não fez muito em 2019.

Ele garantiu que os caras na Udinese levam muito em consideração o pensamento dos jogadores. Isso pode sensibilizá-los.

Vizeu não é um jogador caro, mas também não é barato. Tá na média. Seu empréstimo por uma temporada custou 300 mil euros. E o salário dele tá na faixa normal dos centroavantes, são R$ 350 mil.

Pra gente ter noção, isso é menos do que André e Luciano, que ganham R$ 400 mil e nem se compara com o Tardelli, que custa milhão.

Facebook Comments

Setorista da dupla Gre-Nal. Torcedor do Tottenham e do Real Madrid. Fã de futebol inglês.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque