Entre pro time

Grêmio

Números que você sempre quis saber sobre quanto a televisão paga para Grêmio e Inter

Publicado

em

Reprodução

Pessoal, eu reuni nesta matéria informações sobre quanto Grêmio e Inter receberam de todas as televisões para jogar o último Brasileirão. Os números são bem aproximados, mas ainda não são os oficiais porque os clubes ainda não divulgaram.

  • Se a gente contar apenas direitos de televisão aberta e fechada, ou seja, Globo e Sportv/Esporte Interativo, as três emissoras investiram um total de R$ 1 bilhão e 86 milhões no Brasileirão de 2019.
  • A maior parte desta montante veio do grupo Globo. Seja com a Globo canal aberto mesmo ou com o Sportv. A Esporte Interativo injetou “apenas” R$ 165 milhões para tirar times como Inter, Palmeiras e Santos do Sportv. Os outros R$ 921 milhões investidos no futebol são da Globo.
  • O Pay-Per-View mudou de sistema recentemente e agora cada clube recebe conforme o time que o assinante indica que torce. Quanto mais pessoas colocarem no site ou no aplicativo o time do coração, mais esta equipe ganha. A fatia total é de R$ 650 milhões. Esse é o valor separado só para o Pay-Per-View.
  • Mas ainda tem um detalhe importante. Alguns clubes, como o Grêmio, Palmeiras e Flamengo, conseguiram negociar bem o contrato e garantiram um valor mínimo bem interessante. O Flamengo, por exemplo, tem R$ 120 milhões garantidos do PPV. Não importa o número de flamenguistas assinando, R$ 120 milhões são deles.
  • Bom, diante disso, a projeção mais próxima que consegui descobrir foi que o Inter recebeu R$ 24 milhões só de Pay-Per-View e o Grêmio (que tem valor mínimo garantido na casa dos R$ 30 milhões) faturou R$ 34 milhões do Premiere, em 2019.
  • Estudos extra-oficiais indicam que o 7% de todos os assinantes do Premiere são de torcedores do Grêmio e 4% são de torcedores do Internacional. Por isso essa diferença no pagamento.
  • Somando todos os valores de TV aberta, fechada e Pay-Per-View, o Grêmio recebeu um total de R$ 99,6 milhões e o Inter R$ 85,5 milhões no Brasileirão de 2019. Somando e dividindo por 12 meses, isso é como se R$ 8,3 milhões entrassem nos cofres do Grêmio e R$ 7,1 milhões para o Inter todos os meses.

Quem for mais ligado no assunto, o blog do Allan Simon, jornalista de São Paulo, conseguiu fazer projeções sobre todos os times.

Fiz esse levantamento para mostrar que os clubes brasileiros ganham muito dinheiro com o Brasileirão. E isso só é possível porque ele tem 38 rodadas e um total de 380 partidas para exibir os patrocinadores.


Quer ver outro número? A Rede Globo já fechou com todos os seis patrocinadores (Vivo, Itaú, Casas Bahia, Chevrolet e Ambev e Hypera Pharma) do Brasileirão de 2020. Cada um pagará a incrível quantia de R$ 307 milhões. Isso dá um total de R$ 1,8 bilhão pra Globo. É por isso que ela tem como investir os mais de R$ 900 milhões que investiu só para os clubes, cobrir os gastos com as transmissões e ainda ter lucro.

Só que estes patrocinadores estão pagando essa quantia toda porque, no contrato, existe a garantia que a Globo vai exibir no mínimo 85 partidas em rede nacional na TV Aberta. E isso só é possível tendo um Brasileirão com 380 jogos.

O mesmo vale para o Premiere, que custa R$ 80,00 a assinatura mensal. Quanto mais rodadas, mais prestações o torcedor paga. Só assim que o Premiere consegue grana suficiente a ponto de distribuir um total de R$ 650 milhões para os clubes brasileiros.

Detalhe extra: O grupo Globo e o grupo Turner (gigante americana que é dona do EI) não querem o retorno do mata-mata. E a Globo ainda tem um dispositivo que indica que ela precisa concordar com a mudança do calendário. Os clubes e nem a CBF podem decidir sem a assinatura dela.

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque