Entre pro time

Grêmio

Matheus Henrique lembra ano de lapidação que fez diferença, premiação de R$ 2 milhões e nada de Europa agora

Publicado

em


  • Separei algumas coisas que o Matheus Henrique falou na sua coletiva:
  • Matheus lembrou que ele tá completando dois anos da sua estreia no profissional do Grêmio. Na temporada passada, ele, o Pepê e o Jean Pyerre tiveram o que eles chamaram de “ano de lapidação”. Foram preparados para jogar nesta temporada. E deu certo. Tão certo que todos jogaram e ele foi até para a Seleção.
  • Renato falou para os jogadores no vestiário antes do treino que todo mundo que entrar no jogo contra o Cruzeiro tem que “dar a vida.” Fora isso, ainda tem a questão financeira, o Grêmio ganhará R$ 2 milhões a mais se for quarto ou quinto. E a premiação dos jogadores também melhora.
  • Ele tem o sonho de jogar na Europa, mas nas férias não quer saber de negociação para sair. Não quer nem pensar em futebol nos 30 dias, vai só descansar. Hoje, a ideia é não sair e ficar jogando aqui mais um tempo.
  • Recentemente, o Pepê postou uma foto tirada na Goethe dos dois comemorando o título da Libertadores de 2017. Ainda jogadores da base, foram lá como torcedores mesmo. E agora eles é que estão jogando uma Libertadores pelo Grêmio. Quando se aposentar, vai contar para as pessoas que um dia estavam comemorando um título e logo depois foram fazer parte do grupo.

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque