Entre pro time

Grêmio

Grêmio pede dinheiro de volta na Conmebol, mas pode perder muita grana na Sul-Americana

Publicado

em

Divulgação

  • A direção do Grêmio entrou com um pedido na Conmebol para ser ressarcida dos valores que gastou a mais na viagem do jogo contra o Del Valle. A ideia é que a entidade então pague os quase R$ 400 mil a mais que o Tricolor teve que investir ao se deslocar de Quito para Assunção, no Paraguai. A direção alega que não teve o jogo em Quito por um problema institucional entre Conmebol e os governantes do Equador. Ainda não tem como saber se eles irão “devolver” este valor. É bem provável que tenham reuniões na entidade para tratar disso.
  • Em áudio enviado para a imprensa, o presidente Romildo se posicionou sobre as 50 mil vacinas que a Conmebol conseguiu para vacinar os jogadores que atuam em suas competições. A visão do Grêmio sobre o fato é que o processo de vacinação precisa ser visto do ponto de vista comunitário, social e ético. Mesmo que o futebol seja uma exceção e controle, não pode ser priorizada em relação a diversas categorias que, neste momento, são muito mais necessárias para a volta da normalidade. Talvez não seja o momento adequado para pular situações.
  • Se acontecer uma queda gremista para o Del Valle na noite desta quarta, o Grêmio vai para a Copa Sul-Americana. E isso seria péssimo para as finanças. Só pra galera ter um exemplo, jogar a fase de grupos da Libertadores rende US$ 3 milhões (R$ 17 milhões). Jogar a fase de grupos da Sul-Americana rende um total de US$ 900 mil (R$ 5,1 milhões). Tem R$ 12 milhões de diferença apenas na fase de grupos.
Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque