Entre pro time

Grêmio

Conversa com Ferreira, dois fatos chatearam, jogadores reconheceram “erro” e venda foi descartada

Publicado

em

Reprodução

Resumo da entrevista do vice de futebol Marcos Hermann:

  • Teve uma conversa muito legal há dois dias com o Ferreira e ele tá muito disposto a ajudar.
  • Respeita o protesto da torcida, isso faz parte. Mas se mostrou incomodado com as notícias da festa de aniversário do Paulo Miranda, que surgiu como um pagode sendo que foi uma festa com todos os familiares. E também com uma informação inverídica que o Jean Pyerre tinha corrido apenas 4km no jogo contra o São Paulo, sendo que ele correu mais de 8km em 75 minutos.
  • Contou que, na conversa com os jogadores, pelo menos dois deles reconheceram que não foi uma boa ir na festa do Paulo Miranda. Mas que faz dois anos que tá todo mundo nessa situação e, em algum momento, as pessoas decidem sair, fazer alguma coisa pra se divertir. Ai, cabe pra cada um avaliar se é grave ou não.
  • Descartou proposta do Milan, disse que não vai ser negociado. Neste momento, pode vir a proposta que vier, não vai ser aceita. O Vanderson é importante na campanha que estão fazendo.
  • As primeiras 24h após a derrota pro São Paulo foram duríssimas. Isso porque o grupo tem “vergonha na cara”. Acha que, assim como o jogo contra o Bragantino, a derrota no Morumbi foi injusta.
  • Maicon é, talvez, um dos maiores volantes da história do Grêmio. Pelo menos nos últimos 50 anos, que ele acompanha o futebol. Vai torcer pro exame não apontar uma lesão grave como parece.
Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque