Entre pro time

Grêmio

Conmebol recoloca árbitro argentino e deixa direção do Grêmio enfurecida

Publicado

em

Divulgação

Uma situação irritou os dirigentes do Grêmio antes do último treino do Grêmio na Argentina.

Quando a delegação chegou, os árbitros estavam no gramado do estádio do Lanús fazendo testes no sistema do árbitro de vídeo. Até aí, tudo bem. Isso aconteceu na Arena também.

Só que, pra surpresa geral, o árbitro argentino Héctor Baldassi estava lá, comandando os testes. Indignados, os dirigentes foram buscar saber o que houve e descobriram que ele voltou pra escala a mando da Conmebol.


Em sua ida na sede da entidade, no Paraguai, o Grêmio pediu pra fazer valer o regulamento que nenhum componente do grupo de árbitros pode ser de um dos países na disputa. Só que mesmo colocando um colombiano como o assessor internacional, eles criaram um cargo pro sr. Héctor Baldassi e ele voltou pra escala sem ninguém saber.

Além dele, também tem um brasileiro. Wilson Seneme, presidente da comissão de árbitros, estará exercendo sua função de comandar todo mundo.

Só que é estranho, criaram um cargo pro Baldassi. A Conmebol realmente quer ele na hora do jogo, mesmo que sem uma função que interfira diretamente no jogo, já que o Assessor Internacional apenas avalia o trabalho dos outros.

Tá difícil entender.

Aqui a escala:

 

Facebook Comments

9 comentários

9 Comments

Comenta ai o que achou

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque