Entre pro time

Grêmio

Como Ferreira virou exemplo de sucesso no Grêmio

Publicado

em

Lucas Uebel/Grêmio

O técnico Thiago Gomes, que fez o jogo contra o Pelotas neste domingo, disse estar muito orgulhoso do Ferreira, autor do gol tricolor. Mais, contou que, se não tivesse o grupo de transição, teria ido embora do Grêmio.

Acontece que, se o Grêmio não tivesse esse time B, que é chamado de grupo de transição por ter jogadores até os 23 anos, a formação dos atletas pararia aos 20 anos, no Sub-20.

E ai, como não tinha espaço no profissional na temporada passada, o Ferreira seria dispensado. Não tinha mais como estar aqui. Afinal, ele já tem 22 anos.


Pra quem não sabe, o Ferreira jogou o Gauchão passado pelo Aimoré. E não foi bem. Mesmo assim, decidiram apostar nele. O cara tinha propostas para ser emprestado, mas voltou para a transição, evoluiu e só agora tá jogando o que se espera dele. Isso aos 22 anos.

Demorou um pouco mais do que se espera, mas tá indo bem. Seguramente vai ter chance de jogar com o Renato nesta temporada no grupo principal.

Esse é visto como um modelo de jogador que faz valer a pena o investimento no time B gremista.

  • Natural de Dourados, no Mato Grosso, ele chegou aqui em 2014, com 16 anos. Fez um teste em uma escolinha conveniada com o Grêmio, passou, veio para Porto Alegre e foi novamente aprovado. Desde então, são quase seis anos de clube.

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque