Entre pro time

Inter

Uma situação, no mínimo, ruim para o Inter

Publicado

em


O repórter Fabrício Falkowski, o primeiro a revelar todas as bombas da investigação contra a gestão Vitorio Piffero, publicou uma reportagem nesta terça mostrando que o Inter ainda continua usando dos serviços da agencia de turismo que é investigada no esquema do ex-presidente.

Pra quem não sabe, a agência de viagens Piratini é investigada por superfaturar viagens de dirigentes do Inter para o exterior e devolver a grana para o antigo vice-presidente Pedro Affatato.

Teve passagem de R$ 22 mil para Orlando e R$ 40 mil para Europa. Sendo que parte destes valores voltava para a conta do Affatato, segundo o MP.


Só que, mesmo com toda a investigação, o Inter continua usando os serviços da Piratini e até ampliou ele.

Na última sexta, R$ 21,7 mil foram depositados na conta da empresa para pagar passagens compradas neste ano pelo Inter.

O clube está fazendo algo ilegal?

Não. Absolutamente nada errado perante a lei.

Fundamental deixar claro aqui que jamais se ouviu sequer alguma insinuação sobre qualquer dirigente da atual gestão Marcelo Medeiros. Nada.

Agora, depois que o Ministério Público deixa claro que a empresa participou de uma “associação criminosa”, tu ainda trabalhar com eles, é bastante ruim para a imagem do clube.

No mínimo, imoral. Algo que poderia ser evitado.

Pelo que sei, a direção colorada irá se manifestar nas próximas horas sobre isso.

Pra quem não acompanhou, eu fiz uma série com detalhes do que o MP investiga na gestão Piffero:

Facebook Comments

22 comentários

22 Comments

Comenta ai o que achou

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque