Entre pro time

Inter

Recuo estratégico em negócio inglês, elogios a zagueiro no exterior e mais duas saídas “tentadas”

Publicado

em

  • A negociação de saída do Vitão continua parada neste momento. O clube inglês fez a proposta de 8 milhões de euros e o Inter diz que pensa em negociar por, pelo menos, 10 de euros. A última informação que vazou é que os representantes ingleses deram o famoso recuo estratégico para retornar com uma proposta mais perto da pedida colorada. De qualquer jeito, é sabido que qualquer documentação só poderá ser assinada após a virada do mês, quando passa a valer o acordo definitivo com o Inter. Então, tem um tempo para a coisa andar. Tudo indica que vai andar, mas teremos que aguardar para ver se confirma.
  • No bastidor, a direção faz muitos elogios ao zagueiro Carlos Salcedo, mexicano que joga no Cruz Azul. Porém, embora a admiração, os dirigentes dizem que não será fácil buscá-lo. Afinal, o futebol lá paga super bem e o cara tem salário próximo ao milhão no México. É isso mesmo, ele ganha super bem. Eu tenho que é na casa de R$ 800 mil mensais o que o Salcedo recebe no Cruz Azul. Essa é a dificuldade do momento. Mas ele é o favorito para substituir o Vitão.

View this post on Instagram

A post shared by Carlos Salcedo (@csalcedojr)

  • Nos últimos dias, o nome do Alario foi ligado ao Mundo Árabe. Vazou a informação que um clube de lá sondou perguntando se o centroavante está disposto a ir jogar nesse mercado. O que ouvimos é que Alario não balançou (pelo menos até o momento) com o que foi apresentado, está feliz aqui e pretende seguir. Afinal, recém chegou.
  • Matheus Dias também teve seu nome ligado a uma possível saída. E a real é que existe um movimento na Europa para trabalhar o nome dele. Tentativas de abrir mercados, mostrar que tem um meia com passagem na seleção de base e que pode render um bom negócio. Um dos clubes que sei que recebeu o nome do Matheus Dias foi o Midtjylland, da Dinamarca, onde joga o volante Charles, formado na base colorada. Por enquanto, é só isso. Nada nem perto de estar avançado.
Facebook Comments
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque