Entre pro time

Inter

Inter não tá confortável, aceita cobranças, mas quer avaliação após dia 9 de dezembro

Publicado

em

Reprodução

Resumo da coletiva do Aguirre após a derrota pro Juventude:

  • A derrota passa pelo fato do time ter feito muita energia no Gre-Nal.
  • O Juventude encontrou um gol em uma jogada que era a fortaleza do Inter, que é a bola parada. Fazia praticamente um turno que não tomava gol assim.
  • Admitiu que dava pra ter feito um jogo melhor.
  • Não tá confortável. Eles estão lutando, sofrendo. Não é uma situação confortável. Os concorrente estão perdendo pontos, Fluminense, Corinthians, Bragantino, o Fortaleza. É difícil. Todos vão perder pontos.
  • Inter era o segundo melhor no returno. Não tá tão mal. Depende a leitura, vai pensar que o Inter tá bem ou tá mal. Tem que ver todo o Brasileiro. Dia 9 de dezembro teremos uma análise mais concreta.
  • Tem que melhorar? Sim. Mas é preciso ver que tem algumas dificuldades com jogadores lesionados e suspensos.
  • Aceita que cobrem porque é um time grande e faz parte. Não pode pensar na cobrança dos outros times. Acha que a cobrança é grande, mas tem que ser grande.
  • Ainda não decidiu quem vai jogar na vaga do Yuri, suspenso. Não quis confirmar se vai ser o Cadorini.
Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque