Entre pro time

Inter

Inter é uma Ferrari, futebol como espetáculo e torcida vai se divertir, as primeiras ideias do Miguel

Publicado

em

Reprodução

Em seu primeiro depoimento como treinador do Inter, Miguel Ángel Ramírez contou na TV Inter que ele e seu assistente já tinham falado sobre o Inter ao ver uma partida da Libertadores. E compararam o clube a uma Ferrari.

Declaração dele:

“Me lembro de uma conversa, há mais de um ano, estávamos vendo uma partida da Libertadores no complexo do Independiente Del Valle, do Internacional. E meu assistente me dizia: “Inter é uma Ferrari, Inter é um clube…” Me sinto um condutor da Fórmula 1 que agora dirige uma Ferrari. Estou consciente que temos ferramentas para sermos competitivos.


Outras duas frases dele que me chamaram a atenção sobre o futebol do Inter:

  • “Digo que vão se divertir, nós entendemos isso como um espetáculo. Logicamente, queremos ganhar e vamos estar nas partidas mais perto de ganhar do que perder.”
  • “E não tenho dúvida que vão se divertir, que vão se sentir identificados de como joga a equipe, que vão gostar da proposta. Que apertem os cintos porque, quando tudo começar, vão desfrutar muitíssimo.”

Por fim, Miguel disse ter gostado da estrutura no CT. Tudo muito perto e muito funcional, bom para passar muitas horas trabalhando.

Ele encontrou Guerrero e Saravia na fisioterapia. E brincou com o Guerrero dizendo que ele já tinha que estar no campo trabalhando para jogar. É o que ele precisa do centroavante.

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque