Entre pro time

Inter

Heitor compromete, Coudet insiste no erro e Inter “ajuda” mais um que tá mal no Brasileirão

Publicado

em

Ricardo Duarte/Inter

  • O que aconteceu nesta tarde de domingo no Beira-Rio é tudo que não pode acontecer em um time campeão. O Inter vencia, não era atacado, conseguiu uma expulsão pouco inteligente, ficou no empate com um time na zona do rebaixamento e entrega dois pontos em casa. Time campeão não faz esse tipo de coisa.
  • Heitor é o principal culpado pelo resultado. Ele errou feio. Foi juvenil. Eu concordei e muito com a expulsão. Ele pulou de um carrinho, mas abriu a perna e acertou o jogador do Coritiba sem necessidade. Vendo em câmera lenta, pela televisão, talvez o pessoal não consiga ver a intensidade, mas aqui no estádio ficou nítido que foi grave. Foi bem expulso.
  • A dupla de zaga falhou por baixo e por cima. Zé Gabriel errava por baixo, Cuesta errava por cima. Ambos foram terríveis. Cuesta errou no primeiro e no segundo gol. Saiu pra dar o bote no Giovani Augusto no primeiro e perdeu de cabeça no segundo. Tá na cara que não merece mais a titularidade. Só Coudet não vê isso.
  • Por falar nisso, não tem como entender as mudanças do treinador. Acontece a expulsão, ele tira Yuri Alberto, que fez o gol, e o Marcos Guilherme, pra colocar Rodinei e Nonato. Nonato entrou muito bem, fez gol, mas por que tirar o Yuri? Por que manteve o Lindoso em campo?
  • Sabe quando o Lindoso saiu? Aos 37 minutos do segundo tempo, quando o Musto entrou. O Inter estava empatando, em casa, contra um Coritiba desfalcado, e Coudet mete o Musto pra segurar o resultado. Lindoso jogava bem? Não. Mas prova que o Coudet não é cara que sempre joga pra cima que se imaginava. Ele adora meter um volante pra segurar resultado. Foi isso que fez, mais uma vez. Fechou a casa e se contentou com o empate.
  • Registre-se que o Lindoso não foi bem. Participou da roubada de bola do gol do Nonato, mas não fez uma boa partida. O erro não é tirar ele, é Musto. Não tem como entender.
  • Outra, é estranho tu estar com um a menos, jogando um futebol mediano, e fazer só duas modificações. Coudet tinha mais duas mexidas e não quis fazer. Por que?
  • Dava pra ter colocado Maurício, Praxedes, Peglow, Leandro Fernández. Enfim, vai pra frente. Tenta ganhar.

Coudet fez mudanças bem polêmicas na partida – Ricardo Duarte/Inter

  • Gostei da entrada do Nonato. Mais uma vez, entrou ligado, fazendo boas jogadas. Tem que ter mais chances.
  • Yuri Alberto teve sua partida muito comprometida pela expulsão. Coudet o tirou. Mesmo assim, fez o gol que dava a vitória naquele momento. Gol de centroavante.
Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque