Entre pro time

Inter

Direção do Inter bate forte na arbitragem na coletiva

Publicado

em

Reprodução

Roberto Melo, vice-presidente do Inter, foi pra coletiva dizer que pensa que o VAR vai acabar. Afinal, a ferramente é boa, mas o árbitros não usam ela corretamente.

Mais, ele criticou a gestão do Leonardo Gaciba, ex-arbitro gaúcho que deixou a Globo para comandar a arbitragem da CBF.

Uma das lembranças do Melo foi que, na reunião que decidiu que teria VAR nas competições da CBF na virada do ano, ele pediu para os clubes terem acesso ao áudio do que é falado pelos apitadores. Nada feito. A CBF não libera.


Este mistério incomoda os dirigentes. Principalmente porque a direção do Inter tem a certeza que o Rafael Traci só foi olhar o lance porque o Felipe Melo avisou que era falta.

Outra informação é que, na visão do Inter, o protocolo não foi seguido. O juiz só foi pra cabine pelo Felipe Melo, não porque teria sido chamado. Isso é um erro grave de protocolo.

O Inter também não gostou do Anderson Daronco como árbitro pro Gre-Nal do sábado, no Beira-Rio. Tem uma bronca porque ele não expulsou o André na final do Gauchão.

Melo lembra que, mesmo que os dirigentes tenham invadido o gramado, isso não prejudicou o andamento da partida e não houve nada agressivo ou coisa do tipo.

Facebook Comments

15 comentários

15 Comments

Comenta ai o que achou

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque