Entre pro time

Inter

Destaques de Atlético 1 x 3 Inter

Publicado

em


  • Eu não sei se ele foi o melhor, porque o Pottker fez dois gols, mas tenho certeza que o Heitor fez um jogaço. Que baita lateral. O Bruno tá bem, não há porque mudar agora, mas tá ai o titular que o Inter precisava desde que o William foi vendido.
  • Pottker fez dois. Um foi na sorte/competência. Uma bola toda cheia de efeito, ele consegue botar a cabeça na bola. Deu sorte que ela pegou efeito e foi pra rede, mas teve mérito por tentar. E o segundo é uma jogada com a cara dele. De quem arranca na ponta direita e toca na saída do goleiro.
  • Danilo Fernandes merece estar aqui no top 3. Quando foi preciso, fez milagre. O Inter tem dois ótimos goleiros. Não muda muita coisa ter Lomba ou Danilo. Penso que o Danilo poderia até jogar mais, inclusive. Mas agora acaba a Copa do Brasil e ele volta pra reserva. O bom é que está em um bom momento.
  • Nonato e Parede fizeram boa partida. O Nonato principalmente. Foi fundamental no primeiro gol, brigando pela bola sem desistir, apostando no erro do Réver.
  • Sobis deu mais uma assistência. É o líder nisso no Inter. Tá sendo muito importante nesse ano, mesmo sendo reserva.
  • Neilton fez seu gol, jogando pelo centro. Ele jogava ali, não pelas pontas, no Vitória. Tem que jogar atrás do centroavante.

Ricardo Duarte/Inter

  • Sarrafiore teve sua chance no segundo tempo e não fez nada. Chegou a ser criticado pelos comentaristas da TV porque cruzou uma bola sem vontade. Um até disse que ele já entrou “cansado”. Isso vai acontecer. Temos que entender. O cara tá no seu primeiro ano de profissional. Sou da opinião que não tem como saber se ele é um fenômeno ou um jogador mediano. O tempo vai mostrar. Mas oscilar na primeira temporada no time de cima é normal.
  • O Corinthians ainda pode passar, mas neste momento, o Colorado tá na quarta colocação. E o mais importante, são nove pontos para o líder. É bastante, só que tem todo o segundo turno pela frente.
  • A postura foi bem diferente de outras partidas. No final, o Galo até teve 60% de posse de bola, mas eles tiveram mais essa bola no final de jogo, quando já estava 3 x 0 pro Colorado. Até metade do segundo tempo, o Atlético tinha 55% de posse e o Inter 45%. Ou seja, o Inter foi atacado, o que é normal, mas também jogou. É o que sempre se cobra.
  • Posse não é tudo, mas tem que jogar. Foram nove finalizações corretas do Inter e 11 correta deles. Mais um indicativo importante.
  • Pena que foi só a segunda vitória fora de casa.

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque