Entre pro time

Inter

Aguirre nega ligação, já conversa por reforços, mas tá incomodado com desempenho e se recusa falar do Grêmio

Publicado

em

Reprodução

Resumo da coletiva do Aguirre após a derrota pro Cuiabá:

  • Não tem outra coisa na cabeça que não seja o Inter. Não recebeu nenhuma ligação da Seleção Uruguaia. Então, não tem nada que pensar que não seja o Inter.
  • Estão planejando, falando em possíveis contratações. Esperando o que acontece, porque tem que classificar pra Libertadores, na vaga direta. Tá planejando 2022, mas não é a mesma coisa estar na Libertadores ou não.
  • Os reforços não necessariamente serão experientes. O elenco já tem vários jogadores experientes, não é bem isso que tá faltando. Tem que ver a necessidade do time nas posições. Estão trabalhando pra isso e, seguramente, vão fazer incorporações, mas não é o momento de falar disso. São 20 dias até o final da temporada.
  • Admitiu que estão sendo irregulares, ganhando em casa, perdendo fora. Tem que melhorar isso rapidamente.
  • Concorda que o parecem times diferentes quando joga em casa e fora. A postura não é a mesma, a intensidade não é a mesma. Não deveria acontecer, mas tá acontecendo.
  • Agora, tem que ganhar do Flamengo em casa e tem o confronto direto contra o Fluminense. Lá, vai ser preciso pontuar. Se não pontuar, vai ser difícil conseguir o objetivo.
  • Não gostou do jogo contra o Cuiabá. Não se sentiu bem com o que foi apresentado no campo.
  • Tá faltando foco nos jogos. O time saiu de fazer jogos muito bons contra Grêmio e Athletico e não pode ser tão irregular. Isso vai do foco, da mentalidade. Parece que o Beira-Rio dá força, intensidade. Tem que jogar igual em casa e fora.
  • Perguntado sobre a campanha do Grêmio estar mascarando os problemas do Inter, respondeu dizendo que não iria falar da situação do Grêmio. Ele não tem que falar sobre isso. E como o repórter falou até do “are are are”, disse na resposta que isso “são coisas da torcida”.
Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque