Entre pro time

Grêmio

Um resumo do que Renato disse após a derrota para o Flamengo

Publicado

em

Reprodução

  • Renato começou sua coletiva dizendo que fica surpreso o tanto que pegam no pé de alguns jogadores aqui no Rio Grande do Sul. Disse que jogador tem família. Critica construtiva é uma coisa, mas tem gente que parece querer o mal do jogador, querer colocar ele contra a torcida.
  • Mais adiante, contou que deixou o André três semanas afastado dos jogos justamente para dar um tempo pra ele. Colocou ele contra o Flamengo porque precisava de alguém na área e o Vizeu estava voltando de lesão. Falou que “precisa recuperar este jogador”. Disse que alguns caras da imprensa falam da vida pessoal do jogador. E isso tá errado. Fosse ele, Renato, já teria rebatido. Existe uma nuvem escura em cima dele. Sua meta é ajudá-lo a sair dessa nuvem. Mesmo assim, ainda não sabe se vai conseguir recuperá-lo.
  • O time sentiu muito a falta do Matheus Henrique. Faltou ele no meio-campo.
  • A opção pelo Michel foi por conta da bola aérea. Darlan não jogou porque é baixinho.
  • O Gaciba esteve dando palestra para os jogadores do Grêmio dizendo que a nova regra fala que o lance do Léo Moura não é mais pênalti e o Raphael Claus marca o pênalti. Diz que a CBF precisa padronizar as coisas. Pensa que não é o cara do VAR que tem que decidir se foi pênalti ou não. O árbitro principal é que tem que decidir. Ele é que tem que ir na telinha e decidir.
  • Admitiu que o Flamengo vem a horas jogando o melhor futebol do Brasil. O Grêmio caiu um pouquinho. Não tá mais jogando o melhor futebol do Brasil. Ele acredita que isso acontece porque o Flamengo investiu milhões e tá tendo resultado.
  • Explicou que empilhou André, Vizeu e Tardelli na grande área pra empurrar eles na defesa. Como não tinha Luan e nem Jean Pyerre para pifar, apostou nas jogadas pelos lados tentando um cruzamento de beirada. Não deu certo, mas foi o que ele pensou.
  • Se estiver aqui no ano que vem e a direção disser que é pra ir só no Brasileiro, tem certeza que vai brigar pelo título.
  • Foi bem direto ao dizer que não tem essa história de reduzir investimento em 2020. Se a direção resolver cortar a verba, vai pedir pra sair. Afinal, pra ele poder fazer um time campeão, precisa ter as peças.

Facebook Comments

Setorista da dupla Gre-Nal. Torcedor do Tottenham e do Real Madrid. Fã de futebol inglês.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque