Entre pro time

Grêmio

Um resumo das informações passadas por Renato para a imprensa

Publicado

em

  • Renato disse que há uns quatro anos um médico do Rio de Janeiro já tinha detectado essa arritmia e que mais cedo ou mais tarde teria que fazer este procedimento. Depois de quatro anos, resolveu fazer o procedimento.
  • Explicou que vários ex-atletas tem esse problema por causa do esforço e não fazem nada. Aconselhou todo mundo a fazer exames para corrigir o problema.
  • A direção queria colocar o grupo de transição no começo do Gauchão e ele pediu autorização para mudar. Vai colocar os reservas do time principal para jogar.
  • O Gauchão vai servir para analisar os reforços que serão necessários, quais posições precisam reforçar. Por enquanto, ele não vai trazer zagueiros.
  • Disse que só não poderá jogar futebol ou academia na próxima. Mas o coração está totalmente zerado.
  • Ele marcou uma reunião nesta noite com o grupo de jogadores. Vai ser a primeira vez que poderá reunir o grupo e pensar na temporada.
  • Ele ainda não conversou com o Montoya, mas o seu auxiliar já teve uma prévia com o argentino. O gringo disse que pode atuar na ponta direita ou até mais centralizado.
  • O grupo ainda não tá fechado.
  • Marinho é jogador do Grêmio, já pediu desculpas. Tá perdoado e bola pra frente.
  • Não iria cortar um sonho do Grohe de se realizar profissionalmente. Ajudou bastante, foi liberado.
  • Ele considera normal essa renovação do grupo.
  • Quando um repórter perguntou sobre o curso da CBF, ele respondeu para o repórter: “Se você tivesse que ir para uma sala de aula nas suas férias, você iria?”
Leia também:  Grêmio muda o planejamento das contratações

Setorista da dupla Gre-Nal. Torcedor do Tottenham e do Real Madrid. Fã de futebol inglês.

7 comentários

7 Comments

  1. Guilherme

    9 de janeiro de 2019 at 17:05

    Complementando!

    Tenho certeza que não iria para a sala de aula. Com 1 milhão no bolso por mês, você fica mais seleto nas coisas que quer fazer.

    Além de que vai perder as férias e aproveitar a sua própria casa no RJ para fazer um curso obrigatório ao invés de ser por interesse.

    E tipo tirar a carteira, você faz pq precisa mesmo fazer a aula teorica, se pudesse não teria feito.

  2. Bressan esperto

    9 de janeiro de 2019 at 16:31

    Rafael Thiery ganha seus 32,33 mil por mês, se tivesse um empresário decente poderia arrumar um salário de 33 mil euros na China. Como que um jogador se sujeita a esse salário! Sempre pode-se mais.

    Pega o exemplo do Bressan. Vai ganhar em dólar o que ganhava aqui. O que é melhor? Ganhar 50 mil por mês ou 50 mil dólares? Mais de 180 mil reais! Beira os 200!

    • Anônimo

      9 de janeiro de 2019 at 16:48

      o empresário do bressan é ninja, o cara só faz cagada e ainda arruma um salário destes para trabalhar nos EUA e passear na disney

  3. Luan cabeça de vento

    9 de janeiro de 2019 at 16:26

    Luan Luan…Em 2017 teve 2 milhões de salário na mão..Mas jogou fora a chance de ganhar mais dinheiro.
    Não dar valor pras coisas é foda em. Agora estava doido pra ir pra China né! Palhaço.

  4. Anônimo

    9 de janeiro de 2019 at 16:23

    se eu ganhasse quase 1 milhão por mês iria para a sala de aula em todas as férias se necessário… é cada uma que nós, meros mortais, temos que ler…

    • Anônimo

      9 de janeiro de 2019 at 16:29

      Exatamente… é um tapa na cara do trabalhador, que tem que trabalhar o ano todo tipo bicho, e ainda se qualificar tanto nos horários livres, quanto nas férias, se não pode perder o emprego.

    • Anônimo

      9 de janeiro de 2019 at 16:39

      Cara, em POA ele não consegue sair para jantar que a galera fica pedindo autografo, tirar foto. Vai no shopping, igual. Ele MORA num hotel. Não tem vida social, tem que ficar viajando o tempo todo. Claro que todo mundo iria querer ter “uma vida dessas” mas tu não tá na pele do cara para saber como é. Além disso tem toda a pressão de comandar um time do tamanho do Grêmio. Falar é fácil. Eu quase nunca tiro férias, mas quando tiro faço questão de desligar e aproveitá-las. E sim… somos meros mortais.

Comenta ai o que achou

Publicidade
Publicidade
Publicidade