Entre pro time

Grêmio

Presidente da Federação Espanhola deu uma ideia que poderia ajudar na dupla Gre-Nal

Publicado

em

Divulgação

A Federação Espanhola de futebol está dando um grande exemplo de ajuda para os clubes. Ela anunciou na última semana uma linha de crédito para o clubes de lá. Separou eles por divisão. Aqui as medidas de ajuda:

  • Clubes da Série A e B: poderão pegar até 500 milhões de euros (R$ 2,8 bilhões) emprestados com a Federação para pagar os salários dos jogadores profissionais.
  • Eles ainda tem 4 milhões de euros (R$ 23 milhões) disponíveis para pagar as despesas com os times não profissionais, como a categoria de base. Este valor não terá juros, mas terá que ser pago em no máximo dois anos.
  • Times da Terceira divisão e futebol feminino foram comunicados que terão ajudas pontuais que serão negociadas com a Federação para que eles consigam pagar as contas.

Aqui a matéria no site oficial da Federação Espanhola ajudando os clubes.

Presidente da Federação da Espanha fez comunicado para os clubes


Aqui no brasil, pra quem não sabe os números, a CBF anunciou oficialmente que arrecadou R$ 957 milhões apenas em 2019. Isso dá quase um bilhão de reais. É claro que grande parte desse valor foi investido no futebol.

  • R$ 535 milhões nas competições do futebol brasileiro.
  • R$ 215 nas Seleções principal, feminina e de base.
  • R$ 320 milhões no futebol estadual.

Mesmo assim, fala-se que, mesmo com todo investimento, a CBF ainda teve um lucro real de R$ 190 milhões apenas na última temporada.

Até por isso que o Flamengo cobrou a CBF na última reunião que os clubes fizeram com a entidade. Em uma conversa por Skype, o presidente do Flamengo disse que a entidade tinha que ajudar os clubes menores. Nem pediu ajuda pro Flamengo. Pediu que eles façam alguma coisa pelos pequenos mesmo.

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque