Entre pro time

Grêmio

O perigo surreal que os gremistas estão correndo em plena final de Libertadores

Publicado

em

Reprodução

Existe um clima tenso no bairro/cidade de Lanús. Em Buenos Aires, ninguém tá nem ai pro jogo, os caras não tem uma grande torcida no país. Aliás, estima-se que a torcida deles tenha 100 mil pessoas apenas.

Na lista das 15 maiores torcidas da Argentina, eles não figuram. É o maior time de bairro do mundo. Eles mesmo falam assim.

Só que, mesmo sendo poucos, são apaixonados e na região do estádio, os argentinos estão com más intenções sim. Existe uma tentativa de revanche pelo que aconteceu aqui. Desde que os repórteres chegaram lá, todos dizem que a torcida do Lanús foi maltratada em Porto Alegre.


E alguns, de fato, até foram. Ônibus deles foram apedrejados, um carro foi depredado na Arena e, vamos combinar, que não precisariam ter ficado até às 3h da madrugada parados lá na arquibancada.

Isso sem contar que a gente sabe que, quando a Brigada quer, sabe ser truculenta sem necessidade.

Mesmo assim, ninguém tem muita preocupação com a delegação gremista. Os jogadores estão isolados e protegidos. Nem no hotel tem contatos com os hospedes. Tá todo mundo em uma área reservada. A direção, contratou a empresa que faz segurança pro Boca e a polícia vai escoltar todos pro estádio.

Só que os torcedores não terão tal proteção. E aí vem o perigo. O estádio é antigo e pequeno. Não cabem 47 mil pessoas mas nem a pau. É estádio pra 30 mil e olhe lá. É um Passo D’Areia maior. Nada mais.

O espaço destinado para os gremistas não é pra 5 mil pessoas. Não é mesmo. É muito pequeno. O que se ouve na concentração tricolor é que vai ficar todo mundo que nem sardinha ali.

Pra ter noção, veja o que o presidente da FGF, Francisco Novelletto, que tá acompanhando a delegação, falou na Rádio Bandeirantes:

“A torcida vai passar dificuldade. Se tivesse um filho meu, eu não deixava ir nesse estádio.”

Como se não bastasse, eles picham os muros onde a torcida tricolor irá entrar com as ofensas que é possível ler na imagem.

Todos tem uma certeza: não poderia ser realizada a final no estádio do Lanús. É um risco enorme que está se correndo.

Facebook Comments

2 comentários

2 Comments

Comenta ai o que achou

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque