Entre pro time

Grêmio

O motivo das sete demissões no vestiário do Grêmio

Publicado

em

Lucas Uebel/Grêmio

A direção do Grêmio confirmou a demissão de sete profissionais que trabalhavam no vestiário do clube. Entre eles, estão o preparador de goleiros, o Rogerião, e o preparador físico, o Rogerinho. Fora isso, ainda saiu a nutricionista, o assessor de imprensa, dois fisiologistas e um fisioterapeuta.

A explicação que recebi é que foi feita uma avaliação no clube e eles entenderam que estes profissionais estavam em uma zona de conforto e precisavam sair. Eles não conseguiam mais entregar o mesmo desempenho que já tinham entregado antes. Todos são reconhecidos como ótimos profissionais, que deram resultado no clube, mas tinham que sair.

Claro que eu perguntei porque fizeram isso agora, com 10 dias de pré-temporada. E a resposta que recebi foi que as definições aconteceram em dezembro, durante as férias. E a direção não quis demitir ninguém por telefone ou acabar com as férias do pessoal. Por isso, aguardaram a volta. Só que, como Renato não voltou, precisavam de gente para começar os trabalhos. Essa galera tocou o clube até aqui.


Agora, a direção trabalha para anunciar os substitutos o mais rápido possível. Só que também é importante dizer que ainda não tem ninguém contratado. Ou pelo menos não estão abrindo pra gente isso. Certo que alguns nomes já foram contatados desde dezembro.

Aqui a nota do Grêmio:

O Grêmio informa que realizou um processo de reorganização na estrutura profissional do Departamento de Futebol, e comunica os desligamentos dos preparadores físico, Rogério Dias e de goleiro, Rogério Godoy, dos fisiologistas José Leandro e Rafael Gobbato, do fisioterapeuta Henrique Valente, da nutricionista Katiuce Borges e do assessor de imprensa João Paulo Fontoura. A todos, o Clube agradece o profissionalismo dedicado.

A nova estrutura e os profissionais que a integrarão serão anunciados pelas mídias oficiais do Grêmio nos próximos dias.

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque