Entre pro time

Grêmio

Grêmio prepara operação financeira internacional para antecipar grana do Arthur

Publicado

em

Divulgação

Arthur foi vendido do Barcelona para a Juventus por um total de 82 milhões de euros. São 72 milhões fixos confirmados e mais 10 milhões em possíveis bonificações. Por ser um dos formadores do jogador, o Grêmio vai ganhar pouco mais de R$ 15 milhões do mecanismo da FIFA.

O problema é que esse valor de 82 milhões de euros será pago pela Juve parceladamente pelas próximas quatro temporadas, de 2020 até 2022. Isso significa que o Grêmio também receberia sua cota em quatro prestações, uma em cada ano.

Só que ai vem um detalhe mega importante. A direção está trabalhando junto a um banco no exterior para receber antecipadamente essa cota. Em resumo, o Grêmio pegaria uma grande parte deste valor com um banco e daria como garantia o pagamento da Juventus. É claro que terá um desconto, uma espécie de juros antecipados. Só que a o dinheiro entra agora, numa tacada e depois, conforme os italianos irão pagando, a “conta” vai sendo paga no banco.


  • Antecipar estes R$ 15 milhões do Arthur é fundamental para o Grêmio manter as contas em dia neste período de dificuldade financeira. A venda dele acabou sendo um baita de um valor inesperado para o clube.
  • A negociação do Arthur já está finalizada, mas ele só vai pra Itália depois de terminar a temporada com o Barcelona. O campeonato espanhol ficou com o Real Madrid, mas ainda tem a Champions para disputar.
Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque