Entre pro time

Grêmio

Grêmio economizará mais de milhão em nova parceria

Publicado

em


O Grêmio calcula que vai economizar de R$ 1 milhão até R$ 1,5 milhão por ano apenas por poder concentrar no seu hotel personalizado que está sendo construído em parceria com a
Melnick.

Esse seria o valor investimento anualmente no pagamento que o clube normalmente tem que fazer quando não há nenhuma parceria. Afinal, o contrato de patrocínio com a Laghetto encerra agora em dezembro e não será renovado. Até o novo hotel ficar pronto em 2022, a direção terá que arcar com os custos para hospedar os jogadores.

Essa é a grande vantagem de ser parceiro desse negócio. Afinal, a Melnick está construindo o local e a Radison vai operar. Para o Grêmio, o ganho será não pagar nada para concentrar e ficar apenas com uma pequena parte do lucro. Mas nada significativo virá em dinheiro. Já vou adiantando.


Hotel ficará pronto apenas em 2022

A boa notícia é que, em um mês de vendas das cotas para investidores, os vendedores da Melnick já tem 60% das metas batidas. Em 30 dias, eles venderam o que normalmente se vende em seis meses.

A força da marca gremista está impulsionando o negócio. Isso vai ser importante para o projeto ser um sucesso neste hotel no bairro Moinhos de Vento, mas acima de tudo para ampliar a parceria e construir novos hotéis pelo RS, por Santa Catarina, Paraná e até no Mato Grosso, regiões de muitos gremistas.

Enquanto isso, a direção tricolor procura um novo hotel para hospedar seu grupo de jogadores pelos próximos três anos.

 

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque