Entre pro time

Grêmio

Grêmio é denunciado por injúria racial. Veja o que pode acontecer!

Publicado

em


No dia 17 de maio, o departamento jurídico do Grêmio terá que, mais uma vez, defender o clube por conta de uma injuria racial ocorria na Arena.

Desta vez, é pelo vídeo de uma torcedora que chama o Yony González, do Fluminense, de macaco.

A “boa notícia” é que o Grêmio não corre risco de perder pontos ou coisa do tipo. A pena máxima será uma multa de até R$ 100 mil. Já os torcedores, se identificados, serão suspensos.


A diretoria gremista condenou o ato, já buscou imagens para tentar identificar as pessoas.

Só que é um saco ter que, novamente, se defender no STJD.

Vamos aguardar pra ver o que vai acontecer no Tribunal.

Eu fiz um vídeo sobre isso, se a galera quiser ver. Dou minha visão do fato:

Aqui o texto completo do STJD:

A Quinta Comissão do STJD do Futebol julgará o Grêmio na próxima sexta, dia 17 de maio, pela conduta de sua torcida que cometeu injúria racial contra o atleta Yony González, do Fluminense, pela 3ª rodada do Campeonato Brasileiro. A sessão está agendada para às 14h e o Grêmio corre risco de receber multa de até R$ 100 mil e os torcedores identificados proibidos de ingressar no estádio.

Após acesso e análise das imagens da partida entre Grêmio e Fluminense, a Procuradoria da Justiça Desportiva denunciou a equipe mandante pela conduta de sua torcida. Apesar de nada ter sido relatado na súmula, a Procuradoria destacou que a infração é de alta gravidade e que na prova de vídeo é possível ouvir o xingamento “macaco” vindo da arquibancada onde estava localizada a torcida do Grêmio logo após o atacante Yony González marcar o quinto gol do time carioca.

Em denúncia a Procuradoria destacou que “esta injúria racial praticada não pode ser aceita em qualquer esfera, devendo ser repudiada e severamente apenada na Justiça Desportiva” e lembrou que o Grêmio passou pela mesma situação em 2014 quando a torcida também ofendeu o goleiro Aranha, que na época defendia o Santos.

Por fim, a Procuradoria afirma que “somente uma punição severa ao clube alcançará o caráter pedagógico da pena, no sentido de quem praticou o ato covarde e discriminatório saiba que o clube para o qual torcem será responsabilizado, transmitindo uma educação que não tiveram em casa ou na escola”.

Pelo fato, o Grêmio foi denunciado por infração ao artigo 243-G, parágrafo 2º do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD):

“Art. 243-G. Praticar ato discriminatório, desdenhoso ou ultrajante, relacionado a preconceito em razão de origem étnica, raça, sexo, cor, idade, condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência:

PENA: suspensão de cinco a dez partidas, se praticada por atleta, mesmo se suplente, treinador, médico ou membro da comissão técnica, e suspensão pelo prazo de cento e vinte a trezentos e sessenta dias, se praticada por qualquer outra pessoa natural submetida a este Código, além de multa, de R$ 100 a R$ 100 mil.

Parágrafo 2º A pena de multa prevista neste artigo poderá ser aplicada à entidade de prática desportiva cuja torcida praticar os atos discriminatórios nele tipificados, e os torcedores identificados ficarão proibidos de ingressar na respectiva praça esportiva pelo prazo mínimo de setecentos e vinte dias.

Me acompanha no YouTube ai:


10 comentários

10 Comments

  1. Genghis Khan

    16 de maio de 2019 at 17:52

    XINGANDO E OFENDENDO O GURI SÓ PORQUE ELE FOI UM DOS PRINCIPAIS RESPONSÁVEIS PELA SODOMIZADA HISTÓRICA (MAIS UMA) QUE O GREZEMBBE TOMOU DO FLU!!!!
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  2. Anônimo

    14 de maio de 2019 at 23:51

    Time de racistas, que vergonha ser gremistas.

  3. Gustavo Colorado Joinville

    14 de maio de 2019 at 22:30

    Pra variar o grêmio fazendo o Rio Grande passar vergonha.

    Se o fiasco não vem do campo, vem da arquibancada.

  4. Mestre Cabral

    14 de maio de 2019 at 21:48

    Por o Gremio ser reincidente (caso Aranha), nao pega uma punicao maior?

  5. Anônimo

    14 de maio de 2019 at 20:42

    Isso existe em todos os estadios parem com esta bobagem de ficar julgando somente a torcida do gremio..

  6. Paulo Goldim

    14 de maio de 2019 at 20:30

    Acho que se o Grêmio identificou ou identificar quem é o torcedor, tem que ser processado e pegar a multa na qual o Grêmio for condenado, simples assim. Mas se vê muito racismo pelos estádios do Brasil a fora, só gostaria de saber se todos são condenados assim como o Grêmio.

    • SImples Assim

      15 de maio de 2019 at 09:29

      faz assim, Paulo, se a pessoa é sócia, manda um e-mail para o clube para excluir do quadro e proibir de acessar o estádio, é assim que se começa a fazer justiça.

  7. Guto

    14 de maio de 2019 at 19:16

    Como ia perder pontos se já tinha perdido a partida?kkkkkk
    Agora, brincadeiras a parte, é lamentável uma pessoa em pleno século 21 ter uma atitude dessas. Não é pra generalizar, mas enquanto os gremistas continuarem cantando músicas sobre macacos e coisa e tal, esse pensamento de alguns torcedores permanecerá, pois se o estádio inteiro canta, porque não chamar alguém assim? Sem generalizações, pois em todas as torcidas há racistas, bandidos. Temos que tentar mudar músicas e conceitos para tentar melhorar essa situação.
    Em tempo, que o/a sujeito(a) que cometeu tal delito seja banida para sempre da torcida do gremio, pois a mesma não representa a instituição e os torcedores.

  8. PF

    14 de maio de 2019 at 19:00

    Eu, gremista que sou, acho justa a denúncia pelo STJD.
    Mas, não podemos ser cegos e achar que só gremistas são racistas, temos inúmeros casos que a internet já levantou que comprovam isso, e em poucos houve uma pena, sequer denúncia.
    Torço para que encontrem a/o responsável pelo ato, e que ensinem a essa pessoa que somos todos iguais, independente de cor, credo, etc.
    A todos que lerem meu comentário, julgamento popular não leva a lugar algum. Todos nós erramos no nosso dia a dia, e podemos melhorar sempre.

    E sendo irônico, porque alguns não entendem, que acabe o racismo no país depois desse julgamento.

Comenta ai o que achou

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque