Entre pro time

Grêmio

As coisas que continuam dando errado no Grêmio

Publicado

em

Divulgação

  • O Grêmio é um time sem nenhum tipo de organização ofensiva. A única estratégia é ir todo mundo pro ataque e ficar um tocando bola pro outro pra ver o que vai acontecer. Eu não gosto de reduzir profissionais a isso, mas a impressão que dá é que eles jogam tipo a gente nas peladas por ai. Não existe um padrão, é cada um tocando pro outro pra ver no que dá. E isso
  • É inadmissível que o Grêmio esteja empatando com o Fortaleza, em casa, e o Renato faça as duas últimas alterações apenas aos 45 minutos do segundo tempo. Usou Guilherme Azevedo e Ferreira, dois dribladores, contra um time fechado, apenas nos acréscimos de jogo. Não tem como entender. Erro grosso do Renato.
  • Vanderlei é um dos grandes responsáveis por esses dois pontos perdidos. Ele falhou no gol. Na verdade, mal consegui entender o que ele queria fazer. Deu a impressão que tentou fazer “golpe de vista” na bola.
  • Tem alguma coisa errada com os pênaltis do Grêmio. O Diego Souza precisou de dois para fazer um. E olha que ainda bateu mal o que acabou convertendo. Que coisa estranha.
  • Maicon tá numa fase terrível. Voltou e se lesionou. Sentiu alguma coisa na musculatura. De novo. Passou da hora do Grêmio passar a não ter ele mais como o centro do time. Infelizmente, seu corpo já não é mais confiável.
  • Luiz Fernando entrou bem, ligado, atento, mas a real é que entrou ligado até demais. Não tem o porquê dar cabeçada em adversário por um lance bobo. Primeiro que não era nem falta, segundo que foi uma discussão normal de jogo. Errou. Comprometeu.
  • Fora isso, é o terceiro jogo seguido que o Grêmio tem jogador expulso. Primeiro foi Geromel, depois Matheus Henrique e agora Luiz Fernando. Tem coisa errada, né?
  • Uma verdade do Grêmio: quando o Geromel tá mal, errando botes, é porque todo o time tá desordenado.
  • O Grêmio tem 44% de aproveitamento. E mais de 20% do Brasileirão já foi disputado. Soma-se a isso ao fato da gente não ver absolutamente nenhum sinal de que as coisas irão melhorar. Ainda coloca nesta conta que Libertadores tá voltando e Renato sempre poupa o time titular. Diante de todos os fatos, pra mim, título do Brasileirão já era. Não acontece mais. É mais um ano sem.
Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque