Entre pro time

Inter

Rodrigo Caetano fala sobre Palmeiras, reforços, Guerrero no Boca e aproveitamento da base

Publicado

em

Reprodução

Rodrigo Caetano deu entrevista nesta manhã na Rádio Grenal. Aqui tem um resumo do que ele disse:

  • Jogo contra o São Paulo: “O sentimento pra hoje é de confiança, de muita esperança. Será um jogo importante. Há essa possibilidade de atingir uma posição de vaga direta. Os jogadores estão motivados para uma grande partida.”
  • Sucesso do Flamengo: “O clube se planejou pra isso. Participei desse processo por um período. Depois de organizado, você consegue concentrar os recursos em jogadores que realmente fazem a diferença.”
  • Sobre Palmeiras: “Me sinto honrado em ser especulado em um clube desse tamanho, que está com grande capacidade de investimento. Isso é pelo meu trabalho aqui no Inter e meu compromisso de futuro é aqui.”
  • “Não existiu convite, mas tenho compromisso com o Inter. Estou focado nesse jogo de hoje que será importante para nosso futuro.”
  • Reforços: “Nosso cuidado em não gerar novos passivos, em honrar nossos compromissos, para assim atrair novos jogadores, pessoas que disponibilizem novos ativos ao clube. Vamos ter atenção grande com as categorias de base.”
  • Saída do Melo e Adauri: “Eles lideraram a reconstrução. Lamento a saída. Mas isso não deve alterar em nada o planejamento. Temos que seguir conforme a gente vinha fazendo.”
  • Guerero: “O Boca não nos procurou oficialmente. Quero crer que não fizeram isso com o jogador. Se procurar, vamos avaliar. Não queremos a saída, a não ser que chegue algo que fuja do controle.”
  • Base: “Tem todo um processo de amadurecimento. Nunca vamos deixar de dar oportunidade a quem pede espaço.”

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque