Entre pro time

Inter

Presidente do Inter convoca a imprensa para reclamar da arbitragem no Brasileiro

Publicado

em

Reprodução

O presidente Alessandro Barcellos apareceu para falar após o jogo contra o Vasco. Aqui o que ele disse:

  • A direção não está falando após os jogos para deixar os protagonistas do jogo falarem. Mas ele apareceu para falar porque essa partida teve elementos extra-campo. E elencou os lances polêmicos:
    – O pênalti não existiu, o Cano chuta o chão.
    – Fora isso, o Cuesta ganha o terceiro amarelo e está fora do confronto direto.
    – Reclamou também do gol do Flamengo, que estava impedido e deram gol.
    – E ainda reclamou do amarelo pro Patrick, que foi suspenso por supostamente simular, sendo que o Vasco fez isso nesta partida e não levou amarelo.
  • O presidente disse que o Inter tá muito atento, agora é a hora da onça beber água. O Inter quer jogar o seu futebol no campo e tem que ser um resultado dentro das quatro linhas, de forma justa. Pediu para o torcedor saber que a direção está atenta.
  • Sobre o VAR não ter funcionado, respondeu que o Dourado estava atrás e não precisava nem da tecnologia.
  • Mesmo assim, em outro momento, falou que tem que funcionar tudo. Isso é óbvio. A tecnologia precisa funcionar. Só que ele acha o lance tão claro que o gol do Dourado foi legal.
  • Não sabe se a arbitragem tá sendo tendenciosa, mas ele precisa representar todo mundo no clube para dizer que não aceita um trabalho de um ano inteiro ser colocado em cheque por erro dessa natureza.
  • O Inter não vai fazer nenhuma reclamação formal na CBF. Vai ficar só nessa coletiva para registrar. Isso vai chegar nas pessoas que comandam futebol. Eles não irão fazer nenhum movimento a mais porque não tem como mudar o que aconteceu. Vai apenas mostrar os erros para mudar.
Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque