Entre pro time

Inter

Inter faz gol polêmico, sofre mais que deveria, tem pênalti mal marcado, lei do ex ajuda e agora é a vida contra o Flamengo

Publicado

em

Ricardo Duarte/Inter

  • Bom, o negócio era vencer. E venceu. Não tem como reclamar de um time que cumpre sua missão. O Inter sofre, sofre muito mais do que deveria, mas como eu vou contestar se tá dando certo.
  • Gente, não é nem de perto o ideal, mas não tem como cobrar uma mudança de postura agora. E eu entendo o Abel, se ele encontrou o jeito de jogar assim, tinha que seguir. Seguiu. E tá indo pro título, mesmo que a equipe recue até demais do que a gente gostaria, mesmo que jogue sem a bola a maior parte do tempo.
  • O Inter vai para decisão contra o Flamengo, domingo que vem, no Maracanã, sendo líder e a um ponto deles. Uma vitória acaba com o campeonato, um empate é um bom resultado. Só não pode perder porque ai o Flamengo ultrapassa.
  • Abel apostou em Maurício no time. Ele entrou na vaga deixada por Patrick, mas jogou na ponta direita. E não deu certo, Não deu nada certo. Ele não foi bem mais uma vez. Acredito que isso foi muito por conta desse posicionamento. A impressão que tenho é que jogar por ali não é bem sua especialidade. Só que também coloco o fato dele jogar pouco, estar sem ritmo, como um dos fatores.
  • A única coisa boa nessa aposta foi colocar o Caio Vidal na ponta esquerda. Ele foi bem melhor por ali do que quando joga na direita. Foi pra cima em vários lances. É verdade que perdeu vários, mas só de conseguir faltas e escanteios já foi um baita avanço.
  • Só que o PVC fez uma leitura maravilhosa na transmissão do Premiere, que se o Inter jogar os 90 minutos como joga nos 10 primeiros, teria feito 3 x 0 no Vasco com facilidade.
  • Eu não consigo entender o Abel quando ele diz que o Lindoso acalma o time. Não vejo isso. Insisto que o Abelão tem crédito, mas essa é a real do campo.
  • Sobre o gol do Dourado, eu não vou dizer se estava certo ou errado. Nós já vimos que muda muito quando não se tem o ângulo correto. A câmera fica na intermediaria do gramado e a única maneira de ter certeza é pelo VAR. O que temos que dizer é que o VAR não pode estar descalibrado. Se você não sabe, foi isso que aconteceu. A tecnologia estava descalibrada na hora do lance. Teve que valer a marcação de campo. Como o gol foi validado pelo bandeirinha, valeu o gramado.
  • Agora, se teve erro pró Inter, teve contra também. O pênalti não existiu. Foi claro que o Cuesta até tira o corpo e é o Cano que se joga para trás tentando contato. Mais, o Cano tinha até chutado quando eles se tocam. Não teve pênalti. E o VAR alertou, mas o árbitro principal, que é da FIFA, insistiu no erro. Por sorte, a bola foi pra fora.
  • A péssima notícia foi que Cuesta levou o terceiro amarelo por um lance injusto. Tá fora contra o Flamengo. Não sabemos quem vai jogar em seu lugar. Tem Zé Gabriel, Jussa ou o Pedro Henrique. Aliás, se tivesse que apostar, iria no Pedro Henrique. Foi falado em duas coletivas pelo Abelão já.

Cano colocou o pênalti, que não existiu, para fora – Ricardo Duarte/Inter

  • Galhardo voltou e meteu gol no Vasco. Fez o 2 x 0. Era importante pro saldo de gols, inclusive. E pra ele também. Após lesão, quase venda, o cara volta guardando o seu 17º gol e voltando a empatar na artilharia com o Claudinho.
  • Dourado e Edenilson dividem o posto de melhor em campo. Não sei qual dos dois jogou mais. Ambos foram monstruosos.
  • Destacar também o Yuri Alberto. Começou como centroavante, passou a ser ponta, e jogou bem nas duas. Conseguia dar pique pra ajudar na marcação aos 42 minutos do segundo tempo. Fora isso, ainda teve lances perigosos na primeira etapa. Mesmo com o Galhardo voltando, ele é o titular.
  • Agora, é decisão contra o Flamengo. E o Inter joga até pelo empate. Não tem o que amedrontar, quem quer ser campeão brasileiro tem que ir pra cima e encarar o Flamengo de frente. Fácil não é, mas é o jeito de ser campeão.

Galhardo fez seu gol de canhota em jogada do Edenilson, com assistência do Peglow – Ricardo Duarte/Inter

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque