Entre pro time

Inter

O motivo que fará o Inter atrasar a renovação do Paolo Guerrero

Publicado

em

Ricardo Duarte/Inter

A direção do Inter não vai renovar tão cedo com Paolo Guerrero. O contrato dele vai somente até o final deste ano e o presidente Alessandro disse em uma entrevista recente no Peru que pretende estender esse vínculo por mais tempo. Aliás, chegou a dizer que, pelo clube, Guerrero encerra a carreira aqui.

Só que as negociações não começaram e é improvável que comecem nos próximos dias. Isso porque a direção de futebol do Inter definiu que só irá chamar o empresário do centroavante para renovar após ter plena certeza que ele irá voltar a jogar em alto nível.

A ideia da direção é evitar o que aconteceu com Valdívia, por exemplo. O meia tinha voltado da cirurgia no joelho, estendeu seu contrato, mas não conseguiu voltar em alto nível. Acabou sendo uma péssima escolha, já que seu contrato só foi terminar agora em dezembro passado, com o Inter pagando quase tudo pra ele jogar no Avaí.


A expressão usada no Inter é “esticar a corda”. Os dirigentes vão estender até o prazo limite pra ter plena convicção em um retorno em alto nível.

E isso pode avançar o mês de julho a dentro. Falo de julho porque Guerrero poderá assinar um pré-contrato do dia 01 de julho em diante.

Os dirigentes dizem que preferem perder um centroavante do nível dele do que renovar e investir mal a grana. Afinal, Guerrero é o maior salário do Beira-Rio. Ganha R$ 800 mil mensais.

Isso quer dizer que ele não irá renovar? Não. Quer dizer que o Inter vai esperar um tempo para se movimentar nas negociações.

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque