Entre pro time

Inter

Inter tá sendo um time morno, chato de ver jogar e se não fosse o Daniel, brigaria pra não cair!

Publicado

em

Ricardo Duarte/Inter

  • O Inter é um time igual a sua campanha: morna! Sim, é um time morno. Não é nem frio a ponto de brigar pra não cair e nem tão quente a ponto de brigar por algo mais importante, tipo título ou G4.
  • E, neste jogo contra o Ceará, foi bem o retrato disso. Um jogo medíocre, medíocre no sentido literal da palavra, que tá no dicionário, que é sinônimo de mediano. Foi um time médio.
  • O problema é que a campanha é a metade, 47,8%. Quase 50%. E quem fica na metade, fica na metade da tabela. Pro investimento feito, isso é péssimo. Tenebroso. Não dá nem vaga direta na Libertadores.
  • Aguirre apostou no Mercado na zaga e ele até foi bem. Melhor do que como lateral. O que matou o time foram os substitutos de Edenilson e Taison. Caio Vidal e Maurício não conseguiram jogar. Os caras que entraram na vaga dos dois melhores do meio simplesmente não apareceram. Não tinha como dar certo.
  • A real é que, mais uma vez, o Daniel salvou todo mundo. Dá pra dizer que a trave e ele. Em uma jogada, o cara explode a bola no travessão. Depois, o Daniel vai buscar uma que estava entrando e espalmou pra fora. Só tem uma coisa certa em jogo do Inter: que o Daniel vai salvar pelo menos uma vez uma bola que parecia impossível. Não fosse ele, a campanha era pra não cair.

Daniel, pra variar, salvando o Inter – Ricardo Duarte/Inter

  • Na linha, Aguirre mudou. Mudou ao mudar. Se na partida anterior não fez trocas, desta vez ele colocou gente nova em campo. Começou com PV na do Moisés. Não melhorou grande coisa. Depois, colocou o Johnny e abriu três volantes. Eu imagino que isso aconteceu por conta das falhas que eu citei. Mas é duro ver um time com Dourado, Lindoso e Johnny juntos, né? Muito volante reunido.
  • Gustavo Maia também entrou, as não fez nada que possa ter enchido os olhos. Saravia foi ok e Patrick foi melhor no primeiro tempo, mas bem abaixo no segundo. Não gostei dele.
  • Foram apenas três trocas, porém, desta vez, é diferente. Não tinha muito o que fazer. Apenas o Cadorini, centroavante, poderia ter sido usado. De resto, Boschilia ficou com dores, Taison tá gripado, Palacios e Guerrero estão na Seleção. O banco tava fraco mesmo. Penso que dava até pra pegar alguém da base pra completar.
  • Enfim, resultado morno, como o jogo e a campanha do Inter, oitavo colocado. Não quero ser exigente e nem sonhador, mas dava pra ter até vencido as duas fora de casa. Era só ter feito um pouquinho mais do que fez.

Gostei do Mercado como zagueiro – Ricardo Duarte/Inter

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque