Entre pro time

Inter

Inter perdeu R$ 40 milhões em um contrato mal feito por Piffero

Publicado

em


Além dos desvios de dinheiro que está sendo acusado pelo Ministério Público, a direção atual do Internacional informa que a gestão Piffero deixou outros prejuízos importantes nos cofres do clube.

Segundo o próprio presidente Medeiros, o contrato com a TV Esporte Interativo complicou tanto a relação com a Globo que, ao todo, o Inter está recebendo R$ 40 milhões a menos do que o Grêmio nestes dois anos em que tem vínculo com o EI.

Foi justamente por isso que, logo ao assumir, Medeiros renegociou várias situações com a Rede Globo e a partir de 2021 todo o contrato de transmissão do Inter vai ser com o sistema Globo, seja na TV aberta, fechada ou Pay-per-View.


Pra quem não sabe, Piffero assinou com a TV Esporte Interativo na época porque eles melhoraram muito o contrato de TV fechada. O Sportv pagava R$ 3 milhões por ano e eles pagariam R$ 23 milhões mais uma bonificação, paga no ato da assinatura, de R$ 13 milhões.

Aliás, há quem diga que estes R$ 13 milhões foram o principal motivo da assinatura do então presidente. Ele precisava desta verba para fechar a temporada com o saldo positivo.

Só que, ao ver este movimento, a Globo aumentou os valores que pagava do Sportv para os clubes como o Grêmio e ainda reduziu valores ofertados nas mídias de TV aberta, PPV e coisas do tipo para o Inter.

Todo o rolo é mais complexo, mas basicamente foi isso que fez o Inter ter um contrato inferior ao do Grêmio. E, nestes dois anos de EI, são R$ 40 milhões a menos que o rival, segundo Medeiros.

Isso não é ilegal, não é assunto da denúncia do Ministério Público (aqui tem toda a denúncia), mas é má gestão. E prejudicou o clube também.

A partir de 2021 tudo volta a ser exclusivamente da Globo.

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque