Entre pro time

Inter

Inter já descobriu algumas das estratégias do adversário da Libertadores

Publicado

em

Ricardo Duarte/Inter

Odair vê o Palestino como um time que jogar muito pelo centro do gramado. Eles tem três volantes e um armador no meio. No ataque, joga um centroavante e um atacante atrás deste centroavante.

Ou seja, todo mundo em uma linha meio que central do gramado. Ninguém pelas laterais. E é ali que o Inter precisa investir. Papito chegou a falar em levar a bola pra uma zona mais limpa.

Outro ponto é que o Palestino faz muitas faltas. Por isso, a meta é tocar muito a bola pra não deixar eles ganharem uma dividida e partirem no contra-ataque.


Aqui as declarações do Odair:

“O Palestino é um time que joga num 4-4-2 em losango, com praticamente três volantes. Um até está fora do jogo, o Fernandes, tá expulso, tá suspenso. Joga com dois atacantes, um de referência e um mais de movimentação por dentro. Isso significa que eles tem quatro jogadores pode dentro no meio-campo e mais estes dois atacantes. Deixam os lados do campo para os dois laterais que quase são alas.”

“Ele bota um terceiro zagueiro e empurra os dois alas lá em cima, como pontas e continua com muitos jogadores por dentro, pelo centro do campo.”

“Significa o que? Que nós temos que ter um centro de campo, um meio de campo, muito forte. Porque é ali que se estabelece o jogo do Palestino.”

“O princípio de jogo do Palestino é muito forte por dentro, pelo meio-campo. O que temos que fazer é quebrar esse tipo de jogo deles, ter um meio de campo muito forte e aí sim, nós buscarmos o que o Palestino deixa de espaço por jogar com este tipo de sistema.”

“É, realmente é uma das caraterísticas do time, é muito competitivo. A gente usa a palavra agressivo. Ele é muito agressivo na marcação e que, às vezes, por exemplo, no último jogo, fez muitas faltas e o jogador poderia ter sido expulso bem antes. O que mudaria muito a cara da partida.”

“A gente tem que ser muito dinâmico, principalmente neste setor. Jogando de costas, eles pressionam muito forte. Nesta pressão, meia bola, meio pé, eles recuperam uma bola, puxam um contra-ataque. Foi assim que conseguiram muitos gols na sua caminhada.”

“A gente tem que estar muito atento a isso, para que seja dinâmico neste setor do meio, para que tire essa bola da pressão e jogue para um setor mais limpo do campo que nos favorece.”

Facebook Comments

Setorista da dupla Gre-Nal. Torcedor do Tottenham e do Real Madrid. Fã de futebol inglês.

20 comentários

20 Comments

Comenta ai o que achou

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque