Entre pro time

Inter

Dinheiro do Gustagol vai demorar mais do que o normal para entrar na conta do Inter

Publicado

em

Ricardo Duarte/Inter

A direção do Internacional diz que faltam destalhes para confirmar a venda do Gustagol. E os detalhes que irão demorar esse negócio é porque o jogador está em São Paulo, embarca nesta terça para a Coreia, terá que ficar 14 dias em quarentena na chegada por conta do coronavírus e só então poderá fazer exames médicos e assinar contrato com o time coreano.

Até por isso, a negociação não pode ainda ser dada como 100% concretizada, faltam os exames médicos do jogador. Mas todo mundo sabe que o cara estava treinando aqui e super bem fisicamente. Então, acredita-se que isso não vai ser um problema.

Problema mesmo é que a grana vai demorar. Tem duas semanas até os exames e só então o pagamento vai ser liberado. Dando tudo certo, 450 mil dólares (R$ 2,5 milhões) entram na conta do Inter.


E, pra quem pergunta, Rodrigo Caetano falou com a gente na Band e repetiu que não tem como contratar. O Inter vai tocar com o que tem. É inimaginável pensar em reforços. Os direitos de imagem deveriam ser pagos dia 20 e não foram. Ou seja, a grana que chegar é pra apagar “estes incêndios”.

E a grana que vai entrar do Gustagol é mais ou menos o valor que o Inter paga de direito de imagem. Daria pra compensar.

Coudet tratou Pottker como reforço na última coletiva. Ele tem impressionado pela forma física por estar mais magro e com muita explosão muscular.

  • Com a venda do Gustagol, o Inter deixa de bancar um salário de R$ 280 mil mensais.
Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque