Entre pro time

Inter

Alguns pensamentos da direção sobre o momento do Inter

Publicado

em

Ricardo Duarte/Inter

Alguns destaques do que Rodrigo Caetano disse na sua coletiva depois do jogo contra o Bahia, na Fonte Nova:

  • A estreia do Zé Ricardo acabou sendo um cenário perfeito, principalmente por conta da postura do time, que foi maduro e muito organizado. Os jogadores se aplicaram ao máximo, mas isso não é novidade, é uma rotina do grupo atual do Inter.
  • Lembrou que o próximo adversário tirou um título do clube há pouco mais de um mês. Não é uma revanche, mas não dá pra dizer que é um confronto normal. Ele admite que o Athletico foi melhor e, por isso, venceu a Copa do Brasil, mas hoje acha que o Inter tem mais aspirações no Brasileirão. Afinal, eles já tem a vaga na próxima Libertadores.
  • O torcedor tem que entender que o clube vai fazer uma competição dura até o final.
  • O que eles precisavam é que não houvesse uma revolução. O Zé Ricardo fez pequenos ajustes, mudou algumas ideias, mas não é o momento de fazer revolução. O negócio agora é dar prosseguimento ao trabalho que vem sendo feito desde o começo do ano, com Odair.
  • Nenhuma mudança acontece se não houver consenso ou pelo menos uma maioria decidindo algo. Não existe a chance de uma pessoa decidir tudo no Departamento de Futebol.
  • Acha que tem que lamentar a saída do Odair pelo profissional que ele é. Mas já que isso aconteceu, o Zé Ricardo era o cara ideal.

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque